A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/02/2014 14:03

Família de jovem que seguia para prestar concurso luta e prende ladrão

Graziela Rezende

Um ladrão foi imobilizado por uma família, ao tentar assaltá-los na madrugada deste domingo (9), em Campo Grande. A vítima, um jovem de 23 anos, saiu de casa por volta das 5h, para prestar um concurso público.

Como estava muito cedo, os pais o acompanharam até o ponto de ônibus, na rua Gaudiley Brum, Parque Residencial Iracy Coelho Neto, quando foram abordados.

Em posse de um simulacro de arma de fogo e em uma bicicleta, Tony Jerry Alcantara, 27 anos, anunciou o assalto e exigiu pertences. A mãe da vítima diz que ele exigia uma sacola que estava com ele, sendo que puxou os seus cabelos a forçou a sentar no banco do ponto de ônibus, dando ainda um tapa em suas costas.

Ao revirar a sacola, o pai da vítima aproveitou um momento de distração e passou a lutar com ele. Tony foi detido e imobilizado até a chegada da Polícia Militar. O suspeito estava com diversas escoriações pelo corpo e foi indiciado por roubo.



Olha, longe, bem longe de apoiar bandidos, esses pais cidadãos estão de parabéns, o certo é isso mesmo imobilizar o meliante e entrega-lo às autoridades. Nesse caso a violência foi necessária porque bandido nenhum se entrega de bandeja, mas foi um grande risco esse ato de reação. Quanto a matar... GENTE, a vida pertence a DEUS que a concebeu e só a ELE compete tira-la. Que bom se fossemos um país justo, onde tivéssemos:
Escolas de primeira, com professores preocupados com a qualidade do ensino e não com seus salários;
Empregos bem pagos e com vagas suficientes para absorver todos que queiram trabalhar;
Consciência politica para investir em cursos técnicos profissionalizantes nas Escolas Públicas a partir da sexta série;
E até cadeias que EDUCASSEM e não só amontoasse pessoas, né irmãos?
 
Derci Rocha em 11/02/2014 04:28:15
Ai vem o Fantástico colocar aquela matéria ridícula que tem que ter dó de bandido coitadinhos... Assaltam, matam e quando amarra um marginal e da umas borrada vem a porcaria dos direitos humanos.
 
rodrigo souza em 10/02/2014 10:06:26
O pai da vítima deveria ter chamado o povo que passava pela rua, para linchar o larápio até a polícia chegar.
Já que o larápio vai para a cadeia e logo está solto, é necessário que façamos justiça com as próprias mãos.
 
VALDIR VILLA NOVA em 10/02/2014 09:01:34
Pena que o meliante não quebro o pescoço na luta corporal com a vítima.
 
Carlos Roberto em 10/02/2014 07:24:29
Porque não mataram esse meliante???? Amanhã ele estará solto assaltando novamente.
 
jose rodrigues em 09/02/2014 23:12:39
Longe de fazer apologia à essa ação.. mais longe mesmo.. rsrsssr mas que o cacete foi dos mais merecidos, a isso foi e foi mesmo... deviam deixá-lo desmaiado,,, e tem outra.. isso nada mais é que o reflexo do tal horário de verão que a bem da verdade em nada influencia para a vida do trabalhador de forma geral mesmo......mas o povo aceita tudo de boa né.. ainda mais que aqui será o país da Copa... mas o corretivo foi aplicado de modo exemplar mesmo.. rssr foi no bairro que eu moro... mas INFELIZMENTE não participei.. não me chamaram para essa festa.. que pena! Rss fosse convidado levaria o taco de beisebol ........gente.. apenas um treino nada mais viu?
 
Gilson Giordano em 09/02/2014 21:00:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions