A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/09/2016 16:46

Familiares e amigos fazem ‘vaquinha’ e pagam fiança para casal Olarte

O ex-prefeito e a ex-primeira-dama serão soltos a qualquer momento

Anahi Zurutuza e Guilherme Henri
Advogado de Olarte, Jail Benites de Azambuja, a espera da liberação do cliente (Foto: Alcides Neto)Advogado de Olarte, Jail Benites de Azambuja, a espera da liberação do cliente (Foto: Alcides Neto)

Familiares e amigos do casal Olarte tiverem de fazer uma “vaquinha” para levantar os quase R$ 30 mil necessários para pagar pela liberdade de Gilmar e Andreia. O juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, revogou a prisão preventiva do ex-prefeito e da ex-primeira-dama, mas determinou que cada um desembolsasse R$ 14.960,00 a título de fiança.

Os alvarás de soltura já foram expedidos e agora falta um oficial de Justiça chegar ao Presídio Militar, onde está Gilmar Olarte, e ao Presídio Irmã Irma Zorzi, onde está Andreia, para que os dois possam ir para casa.

O advogado do casal, Jail Benites de Azambuja, chegou há pouco ao Presídio Militar Estadual para buscar o ex-prefeito. Ele contou que por conta da greve dos bancários, houve dificuldade para levantar o dinheiro e que por isso, familiares e amigos tiveram de contribuir.

Azambuja afirmou ainda que o casal está muito debilitado, principalmente do ponto de vista emocional. “Vão aproveitar os próximos dias em casa para se recompor. Foi muito tempo de detenção”, afirmou.

Prisões – Gilmar e Andreia estão há 42 dias nas celas dos estabelecimentos penais masculino e feminino, respectivamente. Eles foram presos no dia 15 de agosto, durante a Operação Pecúnia, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), que apurou os crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e associação criminosa.

Além do ex-prefeito e da mulher dele, o empresário Evandro Farinelli, que seria o “laranja” do casal, e Ivamil Rodrigues, o corretor de imóveis que segundo a acusação ajudou o pastor e a esposa nas compras fraudulentas, foram presos naquele mesmo dia, mas já estão em liberdade.

O pastor evangélico e a mulher terão de usar tornozeleiras eletrônicas. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions