A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/07/2013 12:38

Farmacêuticos protestam por reajuste, mas manifestação acaba na delegacia

Francisco Júnior
Protesto foi realizado em frente a Delegacia Regional do Trabalho. (Foto: Divulgação)Protesto foi realizado em frente a Delegacia Regional do Trabalho. (Foto: Divulgação)

Um grupo de 40 farmacêuticos realizou um protesto pelo aumento do piso salarial na manhã (3) de hoje em frente a DRT (Delegacia Regional do Trabalho) de Campo Grande, na rua 13 de maio, região central. No fim da manifestação acabou ocorrendo uma confusão no local e um integrante do sindicato patronal agrediu com soco um dos farmacêuticos que estava protestando.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro sobre o ocorrido.

O protesto se concentrou em frente à delegacia porque no local aconteceu uma reunião que debateu o aumento salarial e outros oito pontos reivindicados pelos profissionais. Atualmente, o farmacêutico ganha R$ 1.620, por 44h trabalhadas e mais R$ 1,10 de abono de permanência por hora efetivamente trabalhada, totalizando R$1.862,00.

Segundo o presidente do Sindicato dos Farmacêuticos, Luiz Gonçalves Mendes Junior, Mato Grosso do Sul tem o quarto pior piso salarial, ficando a frente apenas do Amazonas, Paraíba e Pernambuco. Segundo ele, a categoria está toda mobilizada por essa causa. “Os farmacêuticos estão juntos como nunca estiveram e agora é a hora de ir para as ruas para reverter essa situação humilhante”, afirma o sindicalista.

A farmacêutica Maria Jacqueline Silva Batista, de 29 anos, veio do Ceará há 2 anos para trabalhar em Campo Grande. Ela considera o piso pago no Estado uma vergonha. “Se eu for viver só do meu salário eu passo fome”, afirma.

Hoje, o Sinfar/MS (Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de Mato Grosso do Sul) promove uma audiência pública para debater o piso da categoria A reunião será realizada às 18h, na Câmara Municipal de Campo Grande.

Confusão - O CRF/MS (Conselho Regional de Farmácia) divulgou uma nota lamentando o episódio de agressões físicas e verbais durante o protesto.

"Diante do ocorrido, o CRF/MS reafirma, publicamente, seu posicionamento de pleno apoio às manifestações democráticas pela valorização profissional do Farmacêutico, porém, sempre de forma ordeira e respeitosa, repudiando quaisquer extrapolações aos limites da moral, da ética e do respeito à pessoa humana", informa o conselho em nota.

 

Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


É humilhante o profissional farmacêutico ter que trabalhar de domingo à domingo para conseguir um salário razoável. Hoje o farmacêutico está recebendo muito menos que outras profissões básicas (que não necessitam de estudo). Em contrapartida os donos de farmácias só andam de carro importado, abrindo novas redes, e vem dizer que não tem lucro? É um absurdo!!!
Todo o profissional na sua área tem que ser valorizado, por isso a luta do farmacêutico é muito válida.
O farmacêutico tem que ter em mente que se ele parar, nenhuma farmácia / drogaria funcionará. A hora é agora para conseguirmos uma valorização digna.
Abraços
 
Marcelo Dias em 04/07/2013 12:58:38
tem que rever os 2 lados,o do farmaceutico e do dono de farmacia.os farmaceuticos nao querem trabalhar nem as horas que é preciso.nao vai longe pra fechar a metade das farmacias no ms e no brasil......esperem pra vc verem...o brasil nao tem medicos,nao tem farmaceuticos o nescessario pra atender a demanda de postos de saude,hospital,farmacia,e ainda ele proibiram a venda dos antibioticos.nao so os mais conhecidos,mas todos.isso mostra um Brasil de 5=mundo querendo implantar um sistema de 1=.....a hora que o povo começar a quebrar postos de saude,hospital,etc...fica ai o meu modo de ver essa situaçao
 
cleber garcia em 03/07/2013 19:09:04
Na prática, farmacêuticos também são melhores que muitos clínicos gerais.
A causa é muito justa.
 
marcio arraes em 03/07/2013 18:51:47
Os farmacêuticos devem lutar sim por uma posição (salarial) compatível pelo trabalho profissional que exercem.
Os farmacêuticos devem lutar sim por uma posição (honrosa) compatível na área médica pelo trabalho de elaboração e responsabilidade dos medicamentos existentes na praça. POR QUE OS MÉDICOS SÓ APROVEITAM DOS TRABALHOS ELABORADOS (remédios) PELOS FARMACÊUTICOS? POR QUE OS MÉDICOS PROIBEM OS FARMACÊUTICOS DE QUASE TUDO (até mesmo as coisas mais simples... - tirar pressão, por exemplo).
ACORDEM FARMACÊUTICOS... VOCÊS ESTÃO CARREGANDO OS MÉDICOS NAS COSTAS E NA HORA DE RECEBER OS LUCROS... NADA!
Os bioquímicos recebem o produto, fazem o trabalho, indicam o problema e informam para o médico. O médico de posse do trabalho realizado... ganha os elogios e o valor da consulta. ENTENDEU?
 
Nivaldo Silva em 03/07/2013 18:12:00
Que feio que ficou para o lado patronal da classe farmacêutica...É um homem desequilibrado.Isso aí tem nome e sobrenome: Desespero de causa e é o tipo de gente que não nasceu pra ser grande !!! Por isso que eu só mexo com firma grande !!!!!!!!!!!!!!!
 
ÉRICA PONCIO em 03/07/2013 17:30:45
Estou indignada com o desequilíbrio de um profissional intitulado Presidente do sindicato dos donos de farmácia, que agride em uma manifestação pacifica e ordeira, um jovem trabalhador que luta por uma melhoria salarial. É vergonhoso o piso salarial de um farmacêutico que dedica anos de estudos se abdicando de muitas coisas para se formar e se tornar um bom profissional e prestar serviço a saúde, enquanto políticos e empresários tornam-se cada vez mais ricos e corruptos.
 
olica marques em 03/07/2013 15:51:26
Mais um fruto daqueles que só querem tirar vantagem sobre as dificuldades alheias. O salário dos Farmacêuticos em CG é o quarto menor do país! Um profissional essencial para manutenção da saúde da população, que é explorado por esse tipo de pessoa, que agride alguém que está exercendo seu livre direito de reivindicar melhores condições de trabalho! Indignante!!!!
 
Marillin de Castro Cunha em 03/07/2013 15:40:34
precisamos unir, farmaceuticos, enfermeiros, psicologos, fisioteraputas, assistentes sociais...e outras categorias que estao ´´amerce desses politicos corruptos e parar campo grande..
 
mario bueno em 03/07/2013 15:25:46
E lamentável e vergonhoso para um representante de uma classe profissional não ter equilíbrio emocional e partir para agressão física. Isto demonstra que esta pratica não e concebível nos dias de hoje. Processo nele,
 
antonio rezende em 03/07/2013 15:09:57
UM PAI, UMA MÃE E A FAMILIA SE ESFORÇAM TANTO PARA FORMAR UM FILHO NA FACULDADE E QUANDO ELE SE FORMA VC. NÃO SABE SE RI OU SE CHORA PORQUE O PISO SALARIAL É UMA "MERRECA" NÃO PAGA O SABÃO QUE LAVA A ROUPA. UM PROFISSIONAL QUE CUIDA DA SAÚDE DOS OUTROS GANHAR R$1.620,00 REAIS, TEM ALUGUÉL, AGUA, LUZ, TELEFONE, COMBUSTÍVEL, COMESTIVEL, ROUPAS ETC. SOBRA O QUE??? ENQUANTO ESTES PORCARIAS DE POLITICOS GANHAM UM RIO DE DINHEIRO, MAIS EXTRAS, MAIS ISSO E AQUILO!!! É O FINAL DOS TEMPOS. AOS FARMACÊUTICOS PARABÉNS PELA MANIFESTAÇÃO, CONTINUEM, PERSISTAM TOMARA QUE DE CERTO. FRATERNO ABRAÇOS A TODOS.
 
JOSÉ CARLOS FRANCISCHINI em 03/07/2013 15:05:58
Teve uma farmaceutica que disse q se vivesse só do sálario dela,passaria fome....conheço mta gente ai em Campo Grande,que vive com um salário mínimo . Nao é só uma vergonha para vcs e sim para essa cambada de políticos daí que nao querem nem saber do trabalhador. Enquanto eles tem um excelente café da manha,e outro que tem uma cesta de frutas, descascadas e selecionadas para só para ele. É uma palhaçada sem tamanho!!!!!!!
 
Sidnei Meneses de Aquino em 03/07/2013 13:50:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions