ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Feirão tem 852 vagas imediatas e candidato já sai com exame admissional pronto

Ainda existem mais de 650 oportunidades para quem não tem experiência profissional durante ação

Por Ana Oshiro e Bruna Marques | 20/05/2022 08:09
Pouco antes das 8h, fila ainda era pequena em frente à Estação Ferroviária. (Foto: Henrique Kawaminami)
Pouco antes das 8h, fila ainda era pequena em frente à Estação Ferroviária. (Foto: Henrique Kawaminami)

Quem está em busca de emprego pode terminar a semana feliz nesta sexta-feira (20), já que durante a 2ª edição da "Estação Mais Emprego", na Avenida Calógeras, região central de Campo Grande, o candidato a uma vaga pode sair do local já com o exame admissional do novo emprego pronto.

"Temos 19 empresas parceiras aqui, que farão a pré-seleção do candidato, ele já vai passar pela entrevista com o recursos humanos e se for aprovado já realiza o exame admissional aqui na Estação Ferroviária mesmo. Ao todo, são 852 vagas diretas aqui mesmo", explicou João Marcelo Pereira, diretor-adjunto da Funsat (Fundação Social do Trabalho), responsável pela ação.

João Marcelo Pereira, diretor-adjunto da Funsat, explica mais da ação. (Foto: Henrique Kawaminami)
João Marcelo Pereira, diretor-adjunto da Funsat, explica mais da ação. (Foto: Henrique Kawaminami)

O feirão de empregos começou às 8h e segue até às 16h, sem intervalo para o almoço. Ao todo, são 1.704 oportunidades de trabalho, sendo que mais de 650 não exigem experiência profissional, desde capataz de fazenda até auxiliar administrativo e muitas outras.

"Quem se encaixar nesse perfil será treinado pela empresa que o contratar. Hoje, temos mais empresas parceiras que na primeira edição, em fevereiro, acreditamos que vamos bater um recorde e encaminhar muita gente pro mercado de trabalho hoje", disse João Marcelo.

Sem emprego com carteira assinada desde 2017, Valdinei Pedra, de 57 anos, trabalha como motorista, mas afirmou à reportagem que está disposto a pegar a vaga que aparecer."Faço uns bicos, mas registrado tem mais de 5 anos que não trabalho. Da outra vez, eu vim aqui, deu certo, mas perdi o celular e troquei o número, aí, ninguém entrou em contato comigo", relembra Valdinei.

Valdinei tem 57 anos e está confiante com ação. (Foto: Henrique Kawaminami)
Valdinei tem 57 anos e está confiante com ação. (Foto: Henrique Kawaminami)

Mesmo com o frio, a fila em frente à Estação Ferroviária começou a ser formar pouco antes das 6h30. Entre as pessoas que esperavam o atendimento começar, estava a jovem de 22 anos, Rafaela Coimbrã. "Vim da Mata do Jacinto, estou procurando pra minha área, sou técnica em agropecuária, mas aceito a vaga que tiver também, estou confiante", contou a jovem.

Estação Mais Emprego - O projeto será realizado das 8h às 16h pela prefeitura da Capital e empresários parceiros. No local, será feita pré-seleção e entrevistas para as mais de mil oportunidades disponíveis no feirão. Esta edição contará com apoio do ônibus da City Tour, que sairá da Praça Ary Coelho em direção à Estação Ferroviária em quatro horários: 8h, 10h, 12h, e 14h.

Interessados em uma oportunidade no mercado de trabalho devem levar os documentos pessoais, carteira de trabalho, comprovante de residência e currículo. De acordo com a Funsat, na primeira edição, que aconteceu em fevereiro, mais de 1 mil pessoas foram atendidas e, ao menos 700 passaram por entrevista.

Atendimento começou 8h e segue até 16h, sem intervalo para o almoço. (Foto: Henrique Kawaminami)
Atendimento começou 8h e segue até 16h, sem intervalo para o almoço. (Foto: Henrique Kawaminami)


Nos siga no Google Notícias