A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

10/06/2019 08:31

Fogo toma conta de terreno baldio e mobiliza moradores de condomínio

A suspeita é de que o incêndio tenha sido causado por usuários de drogas

Kerolyn Araújo e Mirian Machado
Incêndio em terreno abandonado mobilizou Corpo de Bombeiros. (Foto: Direto das Ruas)Incêndio em terreno abandonado mobilizou Corpo de Bombeiros. (Foto: Direto das Ruas)

Incêndio de grandes proporções na madrugada desta segunda-feira (10) em um terreno abandonado no bairro Coronel Antonino, em Campo Grande, assustou moradores do Condomínio Residencial Apoena Meireles. A suspeita é de que ele tenha sido criminoso, causado por usuários de drogas da região.

O empresário Luciano Paganotti, 42 anos, morador do condomínio, contou que por volta das 19h de ontem (9) houve o primeiro foco de incêndio. O Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou a situação. Por volta das 0h00, as chamas novamente se alastraram pelo terreno e a fumaça invadiu as casas.

 

Criança com pano no rosto para não inalar fumaça. (Foto: Direto das Ruas)Criança com pano no rosto para não inalar fumaça. (Foto: Direto das Ruas)

''Acordamos com o barulho do fogo. Todos os moradores saíram das casas e foram pegando mangueiras para tentar ajudar a apagar as chamas", disse.

Segundo o assistente administrativo Everton Oliveira, 31 anos, as chamas se alastraram rapidamente e chegaram a atingir metade da rua devido ao vento. Os carros que estavam estacionados na via tiveram que ser retirados às pressas. As duas crianças e os dois idosos que moram com Everton foram colocados em um quarto onde havia menos fumaça.

Rosa Durton, síndica do condomínio, contou que a cena foi de pânico durante a madrugada. ''Todos ficaram apavorados, foi muito feio. Moradores que tinham mangueiras saíram para ajudar. As crianças enrolaram panos nos rostos para não inalarem fumaça", relatou.

Na manhã de hoje, fumaça ainda permanece em área incendiada. (Foto: Henrique Kawaminami)Na manhã de hoje, fumaça ainda permanece em área incendiada. (Foto: Henrique Kawaminami)
Casa amanheceu com fuligem nesta segunda-feira. (Foto: Henrique Kawaminami)Casa amanheceu com fuligem nesta segunda-feira. (Foto: Henrique Kawaminami)

Conforme a síndica, não é a primeira vez que as 174 famílias sofrem com incêndio no terreno. O dono do espaço, de aproximadamente 1 hectare, já teria sido notificado pelo abandono, mas a situação continua se repetindo.

Ao Campo Grande News, moradores relataram o alto fluxo de usuários de drogas no local. A suspeita é de que o incêndio tenha sido provocado por um deles para acabar com o matagal e facilitar o acesso aos fundos do condomínio. Algumas casas já foram furtadas no residencial.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e as chamas apagadas por volta das 2h.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions