ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 25º

Capital

"Foi um desespero", diz funcionário sobre incêndio que começou ao assar cupim

Corpo de Bombeiros empenhou 40 militares para realizar combate às chamas

Por Aletheya Alves e Clayton Neves | 20/06/2021 19:29
Equipe do Corpo de Bombeiros Militar durante combate ao incêndio. (Foto: Clayton Neves)
Equipe do Corpo de Bombeiros Militar durante combate ao incêndio. (Foto: Clayton Neves)

Incêndio na churrascaria Nativas Grill teria começado enquanto funcionários assavam peças de carne para o jantar. O local foi tomado por chamas no início da noite deste domingo (20), nos altos da Afonso Pena.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, cerca de 20 pessoas estavam no local quando o incêndio começou. De acordo com um funcionário, peças de Cupim eram assadas no plástico e, devido ao acúmulo de gordura, o material "estourou" gerando as chamas.

Inicialmente, os funcionários tentaram conter o fogo com água, mas não conseguiram realizar o controle. “A churrasqueira dá acesso ao andar de cima onde fica o RH (Recursos Humanos) e os computadores. Foi um desespero, cada um pegou suas coisas e foi embora”, o funcionário explica.

Para controlar as chamas, onze viaturas do Corpo de Bombeiros estão na área, que foi isolada. Ao total, 40 militares foram empenhados, além de duas viaturas da Polícia Militar e uma equipe da Energisa.

Antes da chegada dos militares, o fogo começou a ser combatido pela brigada de incêndio de uma loja vizinha.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário