ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  12    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Foragido morto durante confronto era de quadrilha de assaltantes do Pará

Por Paulo Yafusso e Julia Kaifanny | 06/04/2016 18:20
Casa ocupada pela quadrilha do Pará, onde foragido foi morto após entrar em confronto com a polícia (Fotos: Marcos Ermínio)
Casa ocupada pela quadrilha do Pará, onde foragido foi morto após entrar em confronto com a polícia (Fotos: Marcos Ermínio)

O homem morto em confronto com a polícia na tarde desta quarta-feira no bairro Portal da Lagoa, região norte de Campo Grande, fazia parte de uma quadrilha envolvida com assaltos a bancos, tráfico de drogas e homicídio no Pará. Ele tinha seis mandados de prisão expedidos pela justiça de várias comarcas daquele estado.

A Polícia Civil não deu detalhes da ação, e marcou uma coletiva à imprensa para a manhã desta quinta-feira. O Campo Grande News apurou que há mais de uma semana policiais do Pará estão em Mato Grosso do Sul investigando a quadrilha, com o apoio do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assalto e Sequestro).

O bando é investigado por assaltos a bancos, tráfico de drogas e homicídio. O homem que foi morto, cuja identidade a polícia não divulgou ainda, possui extensa ficha criminal, sendo considerado de alta periculosidade. Na tarde desta quarta-feira, policiais do Pará e do Garras foram até uma casa localizada próximo ao cemitério Jardim das Palmeiras, para prender o foragido. Ele revidou, e no confronto foi baleado e socorrido, mas morreu antes de receber atendimento médico.

Relatos de testemunhas apontam que a casa estava servindo de base para a quadrilha. O imóvel, construído há dois anos, fica numa rua de pouco movimento. Há pouco mais de uma semana é que moradores do bairro perceberam a movimentação de pessoas que utilizavam dois carros. A polícia prossegue em diligências para tentar localizar e prender os outros integrantes da quadrilha.