A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

22/02/2019 17:58

Fumaça em rodovia provoca engavetamento com 7 veículos

Um dos carros capotou durante a colisão, que ainda envolveu dois caminhões e uma caminhonete

Geisy Garnes e Liniker Ribeiro
Um dos veículos capotou (Foto: Paulo Francis)Um dos veículos capotou (Foto: Paulo Francis)

Um incêndio às margens da BR-262 causou um acidente com sete veículos a cerca de cinco quilômetros do Autódromo Internacional de Campo Grande, na tarde desta sexta-feira (22). Um dos carros capotou durante a colisão, que ainda envolveu dois caminhões e uma caminhonete.

Michel Macedo, de 34 anos, funcionário da Unipetro, conduzia uma Toyota Hilux em sentido à Campo Grande quando passou pelo incêndio. Ele contou ao Campo Grande News que uma equipe do Corpo de Bombeiros já estava na margem da rodovia, mas que a fumaça cobria completamente a pista.

Duas pessoas ficaram feridas na colisão (Foto: Direto das Ruas)Duas pessoas ficaram feridas na colisão (Foto: Direto das Ruas)

Segundo o motorista, como não havia nenhuma sinalização, continuou a viagem, mas logo percebeu um caminhão parado na pista. Michel lembra que conseguiu parar antes de bater no veículo, e ainda que tentou descer da caminhonete, mas voltou para a cabine por conta da quantidade de fumaça.

“Quando pensei em ligar para o Corpo de Bombeiros os outros veículos colidiram na caminhonete”, contou. Com o impacto, a Hilux foi jogada contra o caminhão, transformando a colisão em um grande engavetamento que envolveu ainda um segundo caminhão, um Volkswagen Up, um Chevrolet Spin e uma Volkswagen Saveiro.

Acidente envolveu sete veículos (Foto: Paulo Francis)Acidente envolveu sete veículos (Foto: Paulo Francis)
Michel Macedo é um dos motorista envolvidos na colisão (Foto: Paulo Francis)Michel Macedo é um dos motorista envolvidos na colisão (Foto: Paulo Francis)

O Chevrolet Spin ainda capotou durante o acidente e foi jogado para a pista contrária, no sentido Campo Grande/ Ribas do Rio Pardo. Caminhoneiro há mais de 15 anos, Valdomiro dos Santos, de 45 anos, foi dos motoristas envolvidos na colisão.

Depois de sair do caminhão, ajudou a condutora do Spin a sair do veículo capotado e também o motorista da Saveiro. “A porta ficou travada, era ele chutando do lado de dentro e eu puxando do de fora”, lembrou. Valdomiro afirmou ainda que em todos os anos de profissão nunca havia passado por uma situação como essa, com tão pouca visibilidade.

Conforme as testemunhas o acidente começou com o Up e outro veículo, que não ficou no local. Os motoristas contaram que o condutor chegou a conversar com eles, mas precisou ir embora antes da chegada da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Duas pessoas foram socorridas com ferimentos pelo Corpo de Bombeiros, a motorista do Spin e o passageiro do Volkswagen Up, que sofreu um ferimento na bacia. Todos os veículos envolvidos pertencem a empresas. Após o resgate de todos os motoristas, as vítimas se afastaram para não inalarem a fumaça.

A reportagem, o tenente Quintana, explicou que quando o engavetamento aconteceu, a primeira equipe de bombeiros havia acabado de chegar ao local para combater o incêndio.“Eles estavam começando os trabalhos, iam sinalizar a rodovia, quando ouviram o barulho”, afirmou. Até a chegada de reforçou, os militares precisaram socorrer as vítimas e combater o incêndio, para impedir novos acidentes.

A BR-262 ficou completamente bloqueada, o que causou um congestionamento de aproximadamente seis quilômetros em cada sentido da via. A PRF está no local e trabalha para retirar os veículos da pista.

Congestionamento chegou a seis quilômetros (Foto: Diretos das Ruas)Congestionamento chegou a seis quilômetros (Foto: Diretos das Ruas)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions