A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/01/2014 18:31

Funcionário furta material hospitalar, abandona carro e foge do HR

Mariana Lopes e Lidiane Kober
Material estava no porta-malas do carro (Foto: Marcos Ermínio)Material estava no porta-malas do carro (Foto: Marcos Ermínio)
Também foram encontrados produtos hospitalares no banco traseiro do Astra (Foto: Marcos Ermínio)Também foram encontrados produtos hospitalares no banco traseiro do Astra (Foto: Marcos Ermínio)

Um funcionário do Hospital Regional, em Campo Grande, está sendo procurado pela Polícia desde a tarde desta quinta-feira (23), após ter abandonado o próprio carro no estacionamento da instituição com materiais hospitalares furtados.

Segundo o diretor do HR, Rodrigo Aquino, o funcionário levantou a suspeita do porteiro, que já estava orientado a cuidar do movimento de entrada e saída do hospital. Como procedimento de precaução, foram trancadas todas as saídas do HR.

Sem ter para aonde ir, o funcionário, um homem de 33 anos, que não teve a identificação divulgada, ficou rodando com o carro, um Astra, no estacionamento. Após 15 minutos, ele subiu com o veículo em cima de um canteiro e furou o pneu. Em seguida, quando percebeu que estava encurralado, ele abandonou o carro e fugiu do local.

A Polícia Militar foi acionada e no Astra foram encontrados lotes de luvas cirúrgicas, seringas e esparadrapos. No total, segundo Rodrigo Aquino, o funcionário furtou aproximadamente R$ 3 mil em produtos do HR. No veículo também tinham contas e cartão de crédito no nome do funcionário.

A direção do Hospital Regional levantou a ficha do funcionário, que trabalha na instituição desde o dia 17 de fevereiro de 2002. Os dados do acusado foram repassados para a Polícia, que está à procura dele, para que possa ser feita a prisão ainda em flagrante.

Outro funcionário também está na mira da investigação da Polícia. O suspeito trabalha na portaria do hospital e estaria ajudando o colega a sair do HR com os produtos. Este segundo suspeito trabalha na instituição desde setembro de 2001.

Segurança - Medidas de segurança foram implantadas no hospital após uma caminhonete ter sido recuperada pela Polícia Civil, em setembro do ano passado, com lotes de materiais hospitalares também furtados do HR. O veículo foi encontrado abandonado na Capital.

Na época, policiais civis da Defurv (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos) identificaram que os materiais pertenciam ao Hospital Regional. Desde então, a instituição reforçou o monitoramento da movimentação de quem entra e saí do HR.

Antigamente, o hospital tinha três guaritas. Depois do primeiro caso de furto, agora o HR conta apenas com uma entrada e saída de veículos, para melhor controlar o fluxo.

Processo – De acordo com o diretor do HR, Rodrigo Aquino, será aberta uma sindicância contra os funcionários, para investigar o motivo pelo qual eles cometeram os furtos e se houve mais produtos retirados do hospital.

Além do processo administrativo, os dois acusados também enfrentarão o processo penal, por furto. O inquérito policial está com a Defurv, que investiga o caso.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Mas faz tempo que deveriam estar furtando os materiais hein, sendo que a DEFURV que encontrou os materiais, prejuízo grande, para os bobos pagarem. Viva o Brasil!
 
Jorge Arantes do nascimento em 24/01/2014 09:28:08
Ai nesse hospital as coisas somem demais
 
vitor vilela em 24/01/2014 08:12:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions