A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/12/2012 11:07

Funcionários dizem que terminais ficaram desde sexta sem limpeza

Paula Vitorino e Mariana Lopes
Adalton tenta colocar lixo na lixeira lotada. (Fotos: Luciano Muta)Adalton tenta colocar lixo na lixeira lotada. (Fotos: Luciano Muta)
Lixeiras lotadas na manhã de segunda-feira. Lixeiras lotadas na manhã de segunda-feira.

Os terminais do transporte coletivo amanheceram com lixo e banheiros praticamente interditados, nesta segunda-feira (17), em Campo Grande. Segundo os funcionários, a limpeza não é feita desde sexta-feira (14).

Hoje uma nova empresa assume a limpeza dos terminais, mas até ontem a responsabilidade era da contratada pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), a Socicam.

Quem foi até os locais nesta manhã precisou andar em meio a sujeira e torcer para não precisar ir ao banheiro. A reportagem visitou os terminais Bandeirantes, General Osório e Morenão, e em todos o cheiro forte dos banheiros podia ser sentido de longe.

No Bandeirantes, o local estava até com vômito. “O banheiro está parecendo um chiqueiro. Nem consegui entrar direito”, disse Paulo Marcos Silva, de 72 anos, após sair do banheiro.

O aposentado Adalton Cardozo Rosa, de 72 anos, tentou jogar um lixo na lixeira, mas teve dificuldade porque as lixeiras já estavam lotadas, no terminal Morenão.

“Não dá para colocar mais nada. É colocar o lixo aqui e cair tudo”, diz.

 

Banheiro masculino sujo. Banheiro masculino sujo.

Frequentadora do terminal General Osório, a aposentada Leonor Maria Ovando, de 71 anos, estranhou a sujeira nesta manhã.

“Todo dia está limpinho o terminal, mas hoje está bem sujo. Pensei, mesmo, que as meninas não vieram trabalhar hoje”, diz.

O diretor de Transporte da Agetran, Lucio Murilo Barros, explicou que a quantidade de lixo em todas as segundas-feiras é maior nos terminais devido à “bagunça” de domingo, que também tem o número de funcionários reduzido.

Ele afirma que não recebeu comunicado dos fiscais dos terminais sobre abandono de serviço, mas diz que existiram algumas faltas de funcionários em alguns locais.

Hoje a nova empresa é responsável por manter limpos todos os terminais. São 8 terminais para uma equipe de cerca de 60 profissionais de limpeza, em escala de turno.

A reportagem tentou contato com a Socicam, mas não obteve resposta.



Eu passei pel o Terminal Morenão no Domingo por volta das 20:00hs e ví funcionários fazendo varrição e a limpeza o problema da nossa cidade é a falta de educação dos usuarios e a falta de respeito hoje por exemplo novamente passei logo cedo e ví pouquissimos funcionarios limpando se existe outra empresa fazendo o serviço já começou mal.
 
João Ernesto de carvalho em 18/12/2012 11:33:29
Eu dependo de transporte coletivo, e é um absurdo o que temos que passar, principalmente se levarmos em conta o valor que pagamos. Mas acontece que os próprios usuários são porcos e relaxados, não cuidam do que eles próprios precisam usar. Eu faço o possível pra não ter que usar banheiros ou bebedouros porque tenho receio. Mas fazer o que né? cada um recebe de volta o que dá... E esse povo também parece que sai na rua só pra fazer xixi e tomar água... Fica em casa então...
 
Ivone Arguelho em 18/12/2012 09:12:02
E não é apenas as sujeiras dos banheiros que é lamentável nos terminais, temos também o bebedouro que nesse calor é terrível água quente durante todo o dia, usuários pagam R$ 2,85 na passagem de ônibus e não podem ter o direito de usar ao banheiro ou tomar uma água gelada . Pouca vergonha e falta de respeito com o cidadão campo-grandense e que diga-se de passagem merece isso ai , porque os empresários e a prefeitura aumentam o preço da tarifa quando quer e ninguém move um dedo para impedir , parabéns !
 
Marcos Renan Martins de Oliveira em 18/12/2012 00:24:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions