A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

20/12/2016 07:10

Funcionários dormem em frente ao Fórum contra demissão de 4 mil

Priscilla Peres e Julia Kaifanny
Funcionários montaram barracas e passaram a noite no local. (Foto: Fernando Antunes)Funcionários montaram barracas e passaram a noite no local. (Foto: Fernando Antunes)
Seis pessoas amanheceram em frente aso Fórum. (Foto: Fernando Antunes)Seis pessoas amanheceram em frente aso Fórum. (Foto: Fernando Antunes)

Trabalhadores da Omep (Organização Mundial para Educação Pré-Escolar) e Seleta (Sociedade Caritativa e Humanitária), acamparam em frente ao Fórum de Campo Grande, onde passaram a noite. Eles protestam contra a demissão de 4 mil pessoas e cobram uma resposta da prefeitura.

Jhone Souza Oliveira dormiu no local. Ele conta que 20 passaram a noite por lá, mas só seis pessoas estavam no acampamento por volta das 6h30 de hoje. Eles montaram as barracas às 19h de ontem e dizem que vão permanecer no local até uma resposta da Justiça sobre o processo que os envolve.

Na quinta-feira (15), o juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, David de Oliveira Gomes Filho, determinou a extinção dos contratos, o que resulta na demissão de quatro mil pessoas. A prefeitura divulgou comunicado na sexta-feira (dia 16) informando que todos os funcionários contratados pelas duas entidades não poderiam mais ter acesso aos locais onde desempenhavam as suas funções.

No fim de semana, o prefeito Alcides Bernal (PP) disse que iria recorrer da decisão. "Dormimos aqui para chamar a atenção do juiz plantonista, para que o recurso seja avaliado com mais rapidez. Vamos ficar até termos uma resposta", disse Jhone nesta manhã.

Desde sábado os trabalhadores fazem protestos diários, que a partir de hoje serão concentrados em frente ao Fórum. "Será um protesto pacífico e silencioso, mas vamos permanecer aqui até ter uma resposta".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions