A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

31/01/2014 10:50

Garçom matou garota após brigar para não pagar "programa frustrado"

Graziela Rezende
Garçom a golpeou porque não queria pagar pelo programa. Foto: Cleber GellioGarçom a golpeou porque não queria pagar pelo programa. Foto: Cleber Gellio

A mistura de whisky Red Label com cocaína, aliada ao fato dele não ter conseguido a ereção, seria o motivo que provocou uma briga entre o garçom Jorge Armando Vieira Júnior, 35 anos, e a garota de programa Kátia Loup Pereira, 20 anos, fato que culminou na sua morte. O autor do crime, ainda internado na Santa Casa, foi interrogado na manhã de ontem (30), pelo delegado Wellington de Oliveira, e confessou com detalhes o assassinato.

Na ocasião, ela também estava alcoolizada, mas queria receber R$ 400 pelo “serviço prestado”. Ele disse que não pagaria naquele momento, mas até o meio-dia repassaria o dinheiro a ela. “Na versão do Jorge, foi o momento em que ela levantou e foi buscar uma faca no saguão, que inclusive estava sendo utilizada para cortar limão. Ele também pegou uma tesoura embaixo do balcão e partiu para cima dela”, explica o delegado.

A vítima estava deitada em um colchonete no chão, no apartamento dois, quando teve as mãos amarradas com um cinto. “Jorge então passou a dar golpes de tesoura na Kátia, que morreu no local. Ele, porém, foi localizado pelo dono da boate, ainda respirando. No mesmo dia fiz o flagrante e o indiciei pelo homicídio, algo que o juiz também concordou e expediu o mandado de prisão preventiva com validade até 26 de janeiro de 2034”, conta o delegado.

O delegado sustenta que, embora seja oficializada a versão da vítima, não há fatos que comprovem que Kátia pegou uma faca para agredi-lo. “A vítima não tem como se defender, mas temos indícios suficientes para provar que Jorge tentou o suicídio após o crime. As lesões de hesitação no corpo dele caracterizam que ele mesmo se feriu”, complementa o delegado.

Jorge será indiciado por homicídio qualificado, cuja pena máxima é de 20 anos de reclusão.

Crime – A garota de programa foi localizada dentro da boate na Rua da Redenção, Vila Americana, em Campo Grande. O garçom estava com uma faca cravada no peito do lado esquerdo, mas foi socorrido com vida.

O dono da boate, Sandro Luiz Ribeiro Andrade, 47 anos, disse que a jovem não trabalhava na boate, que inclusive estava fechada por causa de férias coletivas até o dia 10 de fevereiro.

Delegado mostra como prostituta foi amarrada. Foto: Cleber GellioDelegado mostra como prostituta foi amarrada. Foto: Cleber Gellio
Delegado mostra imagens da cena do crime. Foto: Cleber GellioDelegado mostra imagens da cena do crime. Foto: Cleber Gellio
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


Inquérito policial conduzido por esse delegado, chega "redondinho" no Ministério Público e Judiciário, e é condenação na certa!!
 
LUIZ CARLOS em 31/01/2014 20:49:23
HAAAaaaa.... Delegado heim !!!!!!
 
Paulo Andrade em 31/01/2014 15:37:46
Se o cara quer se divertir, e não tem dinheiro ai fica difícil né...agora ca pra nós, um cara pagar 400 reais por um programa, é muita coisa!!! Bom trabalho delegado.
 
cristiane Lima em 31/01/2014 15:28:40
Parabéns ao delegado, esse realmente é fera. Mas nao podemos nos esquecer da equipe toda, investigadores e escrivães, pois sozinho ninguém vai muito longe, e esses trabalhos sao complexos. A prova de que foram bem feitos foi a concordância do juiz ao expedir o mandado. Parabéns à equipe!
 
Weber Nahas em 31/01/2014 15:14:28
a polícia civil do ms deveria mudar o nome para polícia civil do dr. wellington só ele prende só investiga só ele desvenda os crimes, é um justiceiro solitário, o Charles Bronson do ms.
 
mayconsoley em 31/01/2014 13:44:14
parabéns delegado o sr é o melhor de todos o dia que o sr sair da polícia ela acaba.
 
mayconsoley em 31/01/2014 13:37:39
Sou muito fã desse delegado, parabéns pelo seu trabalho,continue sempre assim,nossa capital precisa de delegados como o senhor, sucesso na sua carreira.
 
Eliane Soares em 31/01/2014 13:12:59
400 reais? Caramba. Mas essa de "não vou pagar agora te pago depois" é pedir pra levar facadas também né?
 
Cyro Chan em 31/01/2014 13:03:02
Bom trabalho do delegado, mas quando irão fechar essa casa de tolerância?
 
Antonio Batai em 31/01/2014 12:33:14
Como assim, que prisão preventiva é essa que vai até 2034? Vinte anos de prisão preventiva?
 
Alexei Lima em 31/01/2014 12:01:43
Concordo com a Joana esse delegado é do tipo que "mostra para que veio". Cuidado malandragem.
 
Paulo Santos em 31/01/2014 11:40:50
Mais um excelente trabalho do Delegado do povo!! É isso aí Dr Wellington trabalho rápido e eficiente como sempre. Parabéns
 
Joana serventia em 31/01/2014 11:34:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions