A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017

11/01/2017 17:27

Garoto abastecia raves e sustentava família com venda de LSD e ecstasy

Adolescente arrecadava cerca de R$ 6 mil reais por festa

Luana Rodrigues e Adriano Fernandes
Droga apreendida com adolescente. (Foto: Adriano Fernandes)Droga apreendida com adolescente. (Foto: Adriano Fernandes)

Clientes fiéis e produtos diferenciados. Era com o comércio de ecstasy e LSD, que um adolescente de 17 anos sustentava a família em Campo Grande. O garoto foi apreendido nesta quarta-feira (11), com drogas em comprimidos, adesivos e até contagotas.

De acordo com o delegado João Paulo Sartori, da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), o garoto vendia a droga em festas raves da Capital e arrecadava de R$ 5 mil a R$ 6 mil por dia de "trabalho".

O adolescente foi apreendido no estacionamento do Shopping Norte Sul, na Capital. No momento da prisão, ele estava com 102 comprimidos de ecstasy e 100 micropontos de LSD.

Na casa dele, na Vila Bandeirantes, a polícia encontrou mais 1312 micropontos de LSD, além da droga em LSD líquido, 679 comprimidos e “cristais” de esctasy, além de um tablete de maconha, e R$ 6,1 mil em dinheiro.

Cada comprimido era vendido por aproximadamente R$ 60 e o LSD de R$ 20 a R$ 30.

Na residência do traficante, a polícia acabou prendendo a mãe e a irmã dele, que também estavam com drogas. Luciana de Matos Santos, 50 anos, e Adria Letícia de Matos Taves, 23 anos, negaram participação nos crimes do garoto.

As duas mulheres irão responder por consentimento e favorecimento ao tráfico de drogas. Já o adolescente responderá por ato infracional análogo a tráfico de drogas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions