ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Garoto é agredido ao chegar em escola por dois homens; um seria pai de aluno

O jovem teria sido confundido com outro estudante que se envolveu em briga com filho de agressor

Por Lucia Morel e Ana Beatriz Rodrigues | 23/06/2022 18:08
Adolescente mpstra ferimento nos lábios após agressão. (Foto: Henrique Kawaminami)
Adolescente mpstra ferimento nos lábios após agressão. (Foto: Henrique Kawaminami)

Aluno da Escola Estadual Teotônio Vilela, no bairro Universitário, foi agredido na entrada do local por dois homens em motocicleta na tarde de ontem. O colégio fica na avenida Souza Lima e o estudante, de 14 anos, foi agredido quando chegava junto com o irmão.

Boletim de ocorrência revela que dois homens em duas motocicletas, sendo uma Honda Biz branca e uma Yamaha de cor preta, aguardavam do lado de fora e quando viram o garoto, passaram a agredi-lo.

Escola Estadual Teotônio Vilela, fica no bairro Universitário. (Foto: Henrique Kawaminami)
Escola Estadual Teotônio Vilela, fica no bairro Universitário. (Foto: Henrique Kawaminami)

Com socos e chutes, o garoto acabou machucado na boca, no rosto e nas costas. Amparado por amigos, o menino saiu das agressões depois de terem falado à dupla que estavam batendo no garoto errado e que ele estaria sendo confundido com outro. Um dos agressores seria pai de aluno que se envolveu em briga na escola semanas atrás.

O pai não foi identificado e o caso foi registrado como lesão corporal dolosa na Depac/Cepol (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

A família do garoto agredido conversou com a direção da escola, que auxilia na situação. Vídeo gravado durante a violência está nas mãos da polícia. O adolescente não precisou de atendimento médico.

Nos siga no Google Notícias