A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/04/2011 13:05

Governador entrega obras da escola 26 de Agosto em Campo Grande

Ítalo Milhomem
Entrega ocorreu na manhã de hoje (Foto: Rachid Waqued)Entrega ocorreu na manhã de hoje (Foto: Rachid Waqued)

O governador André Puccinelli (PMDB) entrou na manhã desta quinta-feira (7) as reformas estruturais da Escola Estadual 26 de agosto em Campo Grande. Foram investidos R$ 149 mil nas obras em reparos nas instalações hidrossanitárias (banheiros feminino e masculino dos alunos), esquadrias metálicas e em toda a pintura da escola.

Ao chegar na escola, Puccinelli foi questionado pelos alunos sobre as obras da quadra desportiva. Ele determinou que fossem feitos estudos para liberação dos recursos, já que há entraves em algumas situações de obras no prédio da escola, porque ele não é do governo e sim da S.S.C.H (Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária), que tem um convênio de parceria firmado há 75 anos.

O estabelecimento atende em torno de 690 estudantes, nos níveis de ensino fundamental, médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O diretor da escola, Milton Cardoso Sobrinho, disse que essa foi a primeira grande reforma nos últimos 20 anos.

“Esta é a primeira reforma de fato. O senhor, governador, está deixando uma marca na página da história da nossa escola”, afirmou, ao fazer agradecimento.

O governador ressaltou que várias medidas estão sendo tomadas para melhorar a qualidade de ensino na rede estadual.

“Estamos trabalhando e sabemos que, com a parceria do magistério, vamos colocar os nossos estudantes em pé de igualdade com os das escolas particulares”, disse André, ressaltando a importância do professor.

A cerimônia de inauguração teve também as presenças do presidente da Seleta Campo Grande, Rubens Pereira; da presidente da Associação de Pais e Mestres, Jôlia Maria da Costa Félix; do vice-prefeito da Capital, Edil Albuquerque; das secretárias de Educação, Nilene Badeca da Costa (Estado) e Maria Cecília Amêndola da Mota (município); de representantes do Conselho de Diretores das Escolas Estaduais de Campo Grande, além de professores, funcionários administrativos e alunos.



Puxa!!! Demorou mas até que em fim a reforma veio!!! Estudei nesta escola dos 12 aos 17 anos de idade e a situação já era precária!
E mais, tomara que realmente a qualidade do ensino nas escolas estaduais melhore, porque no meu tempo... era péssimo! Se você quisesse "realmente aprender", tinha que ser um autodidata!
Joyce Amaral
 
Joyce Amaral em 07/04/2011 02:31:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions