ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Governo repassa R$ 2 milhões para obras na Três Barras e José Nogueira Vieira

Prefeitura vai reforçar fiscalização e readequar rotatória das avenidas, pontos que são problemas na cidade

Por Adriel Mattos | 04/08/2021 16:59
Prefeitura vai licitar serviço e executará obras. (Foto: Chico Ribeiro/Subcom-MS)
Prefeitura vai licitar serviço e executará obras. (Foto: Chico Ribeiro/Subcom-MS)

Em reunião na tarde desta quarta-feira (4), o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) autorizou o repasse de R$ 1,9 milhão à prefeitura de Campo Grande para obras e reforço na fiscalização do trânsito. A agenda foi na Governadoria, no Parque dos Poderes.

Um dos projetos visa a readequação viária da rotatória das avenidas Três Barras e José Nogueira Vieira, com a Rua Marquês de Lavradio. O outro prioriza reforço nas ações de fiscalização do trânsito da cidade.

“Uma vez, eu peguei congestionamento de 50 minutos nessa rotatória da Avenida Três Barras e foi terrível. Agora, imagina o sofrimento do trabalhador que passa por ali todos os dias”, disse Azambuja. “Sobre os recursos para aumento da fiscalização, não é indústria da multa. É para fortalecer ações de combate à combinação de álcool e direção, para evitar acidentes e mortes”, completou o governador.

Encontro reuniu diversas autoridades na Governadoria. (Foto: Chico Ribeiro/Subcom-MS)
Encontro reuniu diversas autoridades na Governadoria. (Foto: Chico Ribeiro/Subcom-MS)

Serão destinados R$ 994,7 mil para readequação da rotatória e dar fim ao congestionamento de veículos no local. A rotatória conecta regiões bastante populosas da cidade, como Prosa e Bandeira, por ondem circulam aproximadamente 30 mil veículos por dia.

Com a formalização do convênio, a prefeitura licitará a obra para depois dar início à intervenção. Segundo o projeto, a rotatória será removida, a via será alargada e serão instalados semáforos. A próxima parceria entre prefeitura e governo será na rotatória das avenidas Euler de Azevedo e Tamandaré.

E o convênio de R$ 1 milhão vai ampliar a fiscalização por meio da GCM (Guarda Civil Metropolitana). Serão adquiridos  uma van, duas caminhonetes e oito motocicletas, além de equipamentos de segurança como capacetes, luvas, cotoveleiras, caneleiras e botas cano alto; materiais permanentes, como etilômetros, aparelhos de medição; materiais de sinalização visual, como cones, cavaletes; e materiais para apoio à campanhas informativas e educativas com distribuição gratuita.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário