ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Obras no Parque dos Poderes serão lançadas nesta semana a R$ 18,9 milhões

Primeira reforma da região, inaugurada há 39 anos, será realizada em três etapas e deve durar 540 dias

Por Gabriela Couto | 31/05/2021 09:26
Conforme a maquete, projeto irá abranger melhorias desde o estacionamento até área de descanso para população (Foto Ilustração)
Conforme a maquete, projeto irá abranger melhorias desde o estacionamento até área de descanso para população (Foto Ilustração)

O governo do Estado publicou nesta segunda-feira (31) o contrato entre a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) e a Engepar Engenharia para a restauração funcional do pavimento, drenagem de águas pluviais, urbanização com implantação de ciclovia e acessibilidade de calçadas no Parque dos Poderes de Campo Grande.

Ao todo serão investidos R$ 18.922.654,07 da fonte do tesouro para reformar a estrutura que foi construída em 1982, pelo ex-governador Pedro Pedrossian. Serão 540 dias consecutivos de obras no local que só serão interrompidos em caso de determinação de decretos de restrição de circulação, por conta da pandemia da covid-19, ou por acontecimentos extremos, como surto da doença entre os trabalhadores.

“Estamos trabalhando em várias obras no Estado e fora daqui mantendo os protocolos de biossegurança. O cronograma deve ser mantido e só será suspenso em caso extremo”, explicou o diretor geral da Engepar, Carlos Clementino.

Calçadas deterioradas são apenas um dos problemas de estrutura na regiçao. (Foto: Arquivo)
Calçadas deterioradas são apenas um dos problemas de estrutura na regiçao. (Foto: Arquivo)

Lançamento - A ordem de serviço deve ser assinada ainda nesta semana. Estava previsto para esta terça-feira (1º) um evento de assinatura na rotatória em que seria dado início das obras logo após a cerimônia oficial de lançamento do empreendimento. No entanto ainda é aguardada a compatibilidade de agenda do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A equipe ainda avalia a questão da aglomeração para a solenidade devido ao aumento de casos de covid-19 na Capital.

Mas é unânime entre as duas partes, tanto do Poder Executivo, quanto da Engepar, que as máquinas ocupem o Parque ainda nesta primeira semana de junho. O cronograma segue indefinido com relação ao local de início das três etapas de melhorias.

Segundo Clementino, o correto seria começar pela drenagem, onde há escoamento da água. “No caso seria na entrada da reserva, que fica na rotatória da Avenida Afonso Pena com a do Poeta Manoel de Barros. Mas ainda está indefinido”, explicou.

Os detalhes devem ser confirmados até o final da tarde de hoje. A população poderá ficar tranquila quanto ao espaço que já é cenário oficial de lazer dos campo-grandenses nos finais de semana e feriados.

“Vamos deixar espaços intercalados para a população e os animais que habitam o parque poderem transitar de um lado para o outro tranquilamente. Ainda estamos fechando com o governo do Estado o cronograma de interdições com relação ao trânsito. Mas durante toda a obra haverá trechos livres para circulação de pessoas e bichos”, destacou Clementino.

Prédios que abrigam secretarias do governo estadual também nunca foram reformados. (Foto: Arquivo)
Prédios que abrigam secretarias do governo estadual também nunca foram reformados. (Foto: Arquivo)

Obra – Depois de quase quatro décadas de existência, o Parque dos Poderes será totalmente recapeado, com 4 quilômetros de pista de caminhada e corrida, assim como 4,2 quilômetros de ciclovia no canteiro central, paisagismo, três estações de ginástica e 70 bancos de descanso, tendo à disposição três estações de ginástica, com todas as medidas e normas de acessibilidade.

Também vai contar com reforma dos estacionamentos, lixeiras e instalação de 41 abrigos nos pontos de ônibus para dar melhores condições aos servidores estaduais que utilizam o transporte coletivo. O projeto inclui ainda a criação de centro de apoio aos usuários do Parque, com banheiros masculinos, femininos e adaptados para as pessoas com deficiência.

Imagem geral de como ficará o reordenamento viário, com ciclovia no canteiro centrall.
Imagem geral de como ficará o reordenamento viário, com ciclovia no canteiro centrall.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário