A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

14/09/2011 15:12

Greve suspende serviços de entrega rápida dos Correios

Sabrina Craide, da Agência Brasil
Funcionários dos Correios se concentram em frente da agência central em Campo Grande. (Foto: Simão Nogueira)Funcionários dos Correios se concentram em frente da agência central em Campo Grande. (Foto: Simão Nogueira)

Os serviços de entrega rápida dos Correios, como Sedex Hoje, Sedex 10 e Disque Coleta, estão suspensos temporariamente por causa da greve dos funcionários da estatal, que começou hoje (14). Segundo o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, a entrega de cartas e encomendas comuns continuará sendo feita, mas poderá haver atrasos.

De acordo com dados da empresa, até as 12h de hoje, cerca de 32% dos 109 mil trabalhadores dos Correios aderiram à paralisação. Segundo Pinheiro, os funcionários que estão em greve terão o ponto cortado. “Greve é um direito das pessoas, mas quem faltar ao trabalho terá o dia cortado”, disse.

A greve é por tempo indeterminado. Os funcionários dos Correios reivindicam 7,16% de reajuste salarial, referente à inflação, reajuste dos vales refeição e alimentação e aumento real de R$ 400. Além disso, os empregados querem que o piso salarial, que hoje é de R$ 807, passe para R$ 1.635.

A empresa apresentou proposta de reajuste salarial de 6,87%, relativo à inflação entre julho de 2010 e agosto de 2011, abono salarial de R$ 800, aumento de R$ 50 para todos os funcionários a partir de janeiro e reajuste do vale-alimentação acima da inflação. Com o início da greve, a oferta foi retirada. “Enquanto a greve persistir, não haverá mais negociação. Retiramos a proposta e só voltamos a negociar com a suspensão da greve”, disse Pinheiro.

Ele disse também que a proposta apresentada foi o limite orçamentário do que poderia ser oferecido pelos Correios e que a diretoria da empresa ainda está analisando se vai entrar na Justiça contra a paralisação dos trabalhadores.

De acordo com Saul da Cruz, do comando de negociações da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), 34 dos 35 sindicatos de trabalhadores do país aderiram à greve. Cruz alerta que algumas agências franqueadas continuam atendendo a população, mas não há garantia de que as encomendas serão entregues, já que os carteiros estão em greve.




Srº Tiago, sobre seu comentário, se tornam funcionários " Público" como você acha que é, e por sinal muito mal informado, a ECT e regida pela CLT.... é para ter um salário digno, e que pelo mesmnos seja repassado a inflação do período que este aumento não esta contemplando.
 
Júlio César G. em 14/09/2011 08:06:00
Por que não privatizam a ECT? Simples: os congressistas safados perderiam uma preciosa fonte de recursos, que, apesar de tudo, gera muito lucro$$$! Quanto a não aceitar o salário definido pelo governo, fiscais da Receita Federal recebem R$10.000,00 iniciais e também grevam...Delegados federais recebem iniciais R$13.300,00 e deram sinal verde para greve este ano... Funcionário dos Correios R$807,29
 
Carlos Renato Lopes em 14/09/2011 06:28:39
Se não aceitam o salário definido pelo governo, porque se tornaram funcionários públicos?
 
Tiago Faria em 14/09/2011 05:02:03
Olha, esta faltando no Brasil mais uma empresa que faça o mesmo serviço que o correio ai sim, quero ver a concorrencia, nos paises de 1° mundo tem ao menos de 2 a 3 opções de voce mandar uma carta ou encomenda e muito mais barato que os correios. Ai sim teria uma boa concorrencia. ai poderiam ficar fazendo greve o quanto eles quiserem.
 
thiago souza em 14/09/2011 04:41:45
Correios informa que vai garantir atendimento durante greve
Paralisação foi deflagrada nesta quarta-feira por funcionáriosOs Correios informou que vai tomar medidas para garantir o atendimento à população dur...
Funcionários dos Correios entram em greve nesta quarta-feira
Em todo o Estado, segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos, são 1.500 funcionáriosFuncionários dos Correios de todo...
Seguem abertas as inscrições para professores temporários na UEMS
Seguem abertas as inscrições para contratação de professores temporários na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), na área de língua ing...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions