A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

16/05/2014 11:12

Grupo de Bernal roubou e rasgou documentos; licitações são anuladas

Edivaldo Bitencourt e Kleber Clajus
Policiais e assessores verificam sumiço de documentos na Central de Compras (Foto: Marcos Ermínio)Policiais e assessores verificam sumiço de documentos na Central de Compras (Foto: Marcos Ermínio)

Após invadir a Prefeitura de Campo Grande, o grupo aliado do prefeito cassado Alcides Bernal (PP) rasgou, violou e até furtou documentos da Cecom (Central Municipal de Compras). Pregões e concorrências vão ser cancelados e a Capital pode enfrentar falta de “remédios nos postos, merenda nas escolas e até viaturas nas ruas”.

Durante vistoria na central, peritos da Polícia Civil e equipe da gestão de Gilmar Olarte (PP), que voltou ao cargo após determinação do Tribunal de Justiça, constataram o furto de vários documentos de licitação. Os processos em tramitação na Cecom somam quase R$ 500 milhões.

Segundo a coordenadora da Cecom, Veridiana Alves Fernandes, o computador (CPU) com todos os pregões presenciais desde 14 de março foi levado da pasta. Com isso, a prefeitura suspende as compras para diversas secretarias.

Dez processos de licitação concluídos, que só dependiam do aval do prefeito, também sumiram e comprometem as compras de produtos para três secretarias: Saúde, Educação e Obras (marmita para os trabalhadores).

O grupo também quebrou cadeiras e mesas da secretaria. Eles teriam furtado ainda processos para de concessão de vale transporte dos funcionários.

As obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que serão lançadas pela presidente Dilma Rousseff (PT) no dia 9 de junho, também podem atrasar. Os processos de licitação para pavimentar os bairros Mata do Jacinto, Seminário e Panamá seriam abertos hoje, mas foram suspensos porque documentos sumiram da Cecom. 

Delegado (de terno) e secretário chegam para fazer vistoria na área mais prejudicada pela ocupação (Foto: Marcos Ermínio)Delegado (de terno) e secretário chegam para fazer vistoria na área mais prejudicada pela ocupação (Foto: Marcos Ermínio)
Chaveiro abre porta que teve a fechadura trocada pela equipe temporária de Bernal (Foto: Marcos Ermínio)Chaveiro abre porta que teve a fechadura trocada pela equipe "temporária" de Bernal (Foto: Marcos Ermínio)

Dano irreparável - O procurador geral do Município, Fábio Castro Leandro, anunciou a responsabilização de Bernal na Justiça nas áreas cíveis e criminais. Na parte criminal, o grupo poderá responder por violar e furtar documentos.

“A população vai sentir esse dano quando faltar remédios, viatura nas ruas e merenda nas escolas”, avisou o procurador. Ele disse que houve “dano irreparável” para o município.

O secretário municipal de Governo, Rodrigo Pimentel, destacou que a instabilidade política, com a guerra de liminares, prejudica a população e Campo Grande.



Eles quiseram mostrar força e poder... uma atitude lamentável, espero que não voltem ao poder!!!
 
Renata Antunes em 16/05/2014 19:27:10
Como Sempre a corda arrebenta do lado mais fraco... A cidade e seus contribuintes é que irão pagar... A justiça neste estado, neste país é uma bagunça, um juiz determina a favor o outro contra, depois a favor depois contra...uma verdadeira zona !!
Enquanto isso os processos dos meros mortais estão a anos empacados... Mas os feriados do judiciário sempre são emendados...
 
Ricardo Schell em 16/05/2014 16:35:57
Importante isso ser feito com civilidade e não com anarquias e desrespeito ao cidadão campograndense que sera o REAL prejudicado com esse jogo jurídico, portanto cabe agora o MP tomar ações que faça com que os vândalos e anarquistas mortos de fome pelo ''poder'' envolvidos nessa baderna sejam REALMENTE PUNIDOS.....conto com os promotores no cumprimento de seu papel junto a sociedade.
 
Vitor Cesar Rodrigues em 16/05/2014 15:07:18
Mas e aí? Alguem vai ser preso? O juiz que fez a lambança vai ser responsabilizado de alguma forma?
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 16/05/2014 12:16:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions