A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/02/2012 22:20

Grupo religioso prepara mobilização contra crack em Campo Grande

Elverson Cardozo

Evento é nacional e começou em São Paulo no mês passado. Em Campo Grande, há um show marcado para o dia 12 de fevereiro.

Banner da campanha.Banner da campanha.

Com o tema “Crack, tire essa pedra do seu caminho” e com a proposta de chamar a atenção da sociedade para um problema que praticamente dominou o Brasil, cerca de 2 mil jovens evangélicos da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus), em Campo Grande, resolveram aderir a um movimento nacional em busca de conscientização e combate à droga. O evento começou no dia 28 de janeiro, em São Paulo (SP), mas só chega à Capital na próxima segunda-feira (12).

Segundo o coordenador da “Força Jovem” em Mato Grosso do Sul, pastor Rui Alves, de 43 anos, no dia 12 de fevereiro será realizado um show beneficente com a banda gospel paulista “Ao Cubo”.

A atração terá início às 15h, com encerramento previsto para às 17h, e será realizada no centro da cidade – na rua Maracajú, entre a Pedro Celestino e Rui Barbosa.

O objetivo é trabalhar com a consciência pública, em especial com a juventude. “Isso é um problema que tem destruído muitas famílias e a gente tem que fazer alguma coisa”, disse.

Mesmo antes da atração principal, os trabalhos já estão sendo realizados. Nesta sexta-feira (3), às 17h, cerca de 200 jovens vão ao cruzamento da rua 14 de julho com a avenida Afonso Pena para distribuir panfletos informativos. No local eles também vão entregar mini-réplicas de pedra de crack - com uma cruz em cima - a quem se interessar.

Durante toda a semana, o grupo também deve percorrer outras regiões da cidade e visitar a Assembléia Legislativa e a Câmara Municipal para uma manifestação pacífica junto às autoridades.

“É um trabalho que tem de ser feito em equipe, para que toda a população possa se conscientizar a respeito desse tema tão importante”, afirmou o pastor.

Ação semelhante ocorreu no ano passado. Na ocasião, a campanha era mais abrangente e chamava a população para “driblar” o tráfico de drogas. Como da última vez, o convite se estende a toda família e não só aos jovens, explicou Rui Alves.

Além da movimentação, o grupo está arrecadando alimentos não-perecíveis que serão doados a uma instituição de tratamento a dependentes químicos em Campo Grande.

A lista com os pontos de arrecadação pode ser conferida na central da “Força Jovem”, instalada na IURD da avenida Mato Grosso.

Serviço – Mais informações sobre o evento podem ser obtidas por meio do telefone (67) 3303-2831.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


temos que mobilizar sim nem só contra o crack como também as outras drogas que estão consumindo com quem usa e com as mães. Precisamos lutar, só não podemos é parar com essa luta, vamos seguir em frente.
 
Guiomar Soares Ferreira em 05/10/2013 11:22:41
Para Ezio José.

Quem disse q a campanha é apenas contra o crack..
Se não quer ajudar, por favor não atrapalhe.

Parabens ao projeto Força Jovem da Igreja Universal. Poucos fazem alguma coisa pra ajudar, a grande maioria só fica falando, mas não tomam nenhuma atitude.

Campanhas como essa não podem parar, tem que CONTINUAR.
 
Thales Ferreira em 13/02/2012 01:44:39
Acho que quem é a favor das drogas é muito facil , é so viciar um ente querido dele e ver no que da....
 
Adimir jose em 12/02/2012 12:15:45
Muito legal essa mobilização... Todos os vícios nos levem para o inferno.. Naum podemos nos conformar com esse mundo, mas TRANSFORMAR...
 
Paula Gonçalves ;p em 10/02/2012 10:14:41
É isso ai, um trabalho muito bonito que os jovens da Igreja Universal estão fazendo. Quero parabelizar o pastor Rui com essa iniciativa muito grande aqui no nosso estado precisamos de pessoas assim que sai na rua mesmo, mobilizar o povo a saber o quanto as drogas estão atingindo nossos jovens..
 
Jack Ferreira em 04/02/2012 12:28:05
Essa movimentação contra o craque serve também para calar a boca dos boca de lixo que fala que a universal não faz nada pela sociedade.
 
rogerio escobar da silva em 03/02/2012 07:29:21
ESSE PROBLEMA É DO GOVERNO!!!!!
VCS ACABAM DESVIANDO ATENÇÃO!!
MAIS POLÍCIA NAS RUAS....POLÍCIA NA FRONTEIRA...BOICOTAR OS PAISES PRODUTORES DA DROGA...É SÓ ACABAR COM A PRODUÇÃO DE COCA....
É SÓ ACABAR COM O PROBLEMA NO INÍCIO, NA FONTE......DE ONDE VEM ESSA DROGA...
JÁ ESTOU ACHANDO QUE NÃO EXISTE INTERESSE REAL DE ACABAR COM ESSAS DROGAS...É MUITO LUCRO....E NÃO É O VICIADO QUE GANHA COM ISSO..
 
GILMAR CANDIDO em 03/02/2012 04:31:16
Heroína, cocaína, haxixe, maconha e álcool pode...
Crack, não!...
Muita hipocrisia, muito sensacionalismo.
 
Ezio Jose em 03/02/2012 02:17:50
muito boa iniciativa, precisamos de boas ações assim para dar um fim a essa droga em nosso país. vamos chamar aquela senhora que foi contra a campanha de salvar os animais, agora é para salvar pessoas, será que ela vem???? (alinny)
 
geferson cabral em 02/02/2012 11:24:06
Parabens a IURD precisamos dessas manifestaçoes para salvar jovens das drogas, só quem tem um familiar nessa situaçao sabe o sofrimento que é
 
edilene mascarenhas em 02/02/2012 11:17:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions