A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

23/04/2019 10:35

Guarda comete suicídio e polícia investiga ligação de morte com estupro

Caso ocorreu na madrugada do último sábado (20) no bairro Alto São Francisco, em Campo Grande; suposta vítima, de 12 anos, estava no local quando morte ocorreu

Kerolyn Araújo e Mirian Machado
Caso está sendo investigado pela DPCA. (Foto: Arquivo/André Bittar)Caso está sendo investigado pela DPCA. (Foto: Arquivo/André Bittar)

A DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) está investigando um suposto caso de estupro contra uma menina de 12 anos no bairro Alto São Francisco, em Campo Grande. O suspeito do crime é um guarda municipal que cometeu suicídio na madrugada do último sábado (20), padrasto da criança.

Ao Campo Grande News, a delegada Marília de Brito, que investiga o caso, ressaltou que ainda é cedo para ligar o suicídio ao estupro, mas que a possibilidade está sendo investigada.

Segundo a delegada, a equipe policial que atendeu a ocorrência encontrou no local indícios de que havia ocorrido um crime de estupro de vulnerável. Esses vestígios, porém, não foram detalhados à reportagem.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, a menina de 12 anos, que teria sido vítima de abuso, estava na residência quando a morte ocorreu. A mãe da criança diz que confia na polícia e não quis detalhar o motivo da suspeita. 

Ela passará por exame que poderá comprovar se houve estupro e quem seria o autor do crime. O laudo deverá sair em até 30 dias.

A Guarda Municipal foi procurada pela reportagem, mas só se pronunciará após o resultado do laudo da Polícia Civil. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions