A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/02/2016 15:41

Homem acha bolsa com R$ 1,2 mil dentro e procura a dona para devolver

Julia Kaifanny e Lauro Burke
Bolsa, jaleco e dinheiro encontrados na rua (Foto: Fernando Antunes)Bolsa, jaleco e dinheiro encontrados na rua (Foto: Fernando Antunes)

O empresário Samir da Conceição Espíndola tenta localizar, desde a terça-feira (2), a dona de uma bolsa onde, entre outras coisas, havia R$ 1,2 mil, que uma mulher teria deixado cair na rua. Ele conta que chegou a conseguir contato com a suposta dona do acessório e do dinheiro, mas, como ela ainda não foi buscá-los, ele decidiu entregar tudo à redação do Campo Grande News.

Samir diz acreditar que tornar pública a história é uma maneira de ressaltar atitudes honestas. “Há muita corrupção na cidade, políticos nos roubam, não cumprem suas obrigações, o buraco que causou a queda da bolsa é prova disso. Mas eu acredito que não devemos desanimar, quero mostrar que é possível ser cidadão do bem”, analisa.

Dono de uma casa de shows na rua da Divisão, Samir diz que ia para a casa, acompanhado da funcionária Karolaine Vieira dos Martires, 18, quando viram uma sacola cair do bagageiro da moto que estava à sua frente. A queda, conta, ocorreu quando a condutora da motocicleta desviava de um buraco na via.

Na sacola, havia um jaleco, alguns papeis e uma bolsa. Ao abrir a carteira para tentar identificar a dona, o empresário e a funcionaria encontraram, além de documentos, R$ 1,2 mil em dinheiro.

Karolaine e Samir no momento em que trouxeram os pertences à redação. (Foto: Lauro Burke)Karolaine e Samir no momento em que trouxeram os pertences à redação. (Foto: Lauro Burke)

Os dois decidiram que iriam devolver os pertences. Com base no material encontrado, identificaram a moça e entraram em contato com ela.

A dona da bolsa seria uma médica veterinária, de 30 anos, que terá a identidade preservada. Karolaine diz ter conseguido falar com a mulher e até combinaram a devolução, o que acabou não acontecendo por conta da dificuldade em encontrarem um horário em comum.

“O dinheiro não é meu, e por mais que as coisas não estejam fáceis, não tinha motivo para eu ficar com ele. Conversamos bastante e acredito que ganhei uma amiga”, relatou Karolaine. No entanto, ela diz que não consegue mais contato pelo telefone que havia falado antes com a mulher.

Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...
Mulher é atropelada pelo ex-marido e está em estado grave na Santa Casa
Uma mulher de 33 anos foi atropelada pelo ex-marido e está internada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, sedada e entubada na CTI (Centro ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions