A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/01/2014 08:50

Homem é assassinado com três tiros durante briga em bar do Aero Rancho

Mariana Lopes e Graziela Rezende

Um homem de 32 anos foi assassinado com três tiros na noite de ontem (11), por volta das 23h30, em um bar na rua Independente, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande.

Segundo informações da Polícia Militar, Flávio de Assis Alves foi encontrado morto no bar no qual estava bebendo com um amigo. O dono do estabelecimento foi quem acionou a PM, mas foi embora do local antes de a equipe chegar.

Os investigadores da Polícia Civil encontraram um amigo de Flávio que bebia com ele no local, mas também foi embora meia hora antes de o crime acontecer. Segundo o amigo, Flávio estava bastante embriagado.

A PM foi acionada através do número 190 e quando chegou ao local do crime não havia nenhuma testemunha. Flávio foi encontrado com tiros n o braço e o peito.

O autor dos disparos não foi identificado e não há informações precisas se Flávio se envolveu em alguma briga ou se foi acerto de contas.

Flávio estava foragido desde dezembro do ano passado. Ele cumpria pena por homicídio que cometeu em 2009 e havia sido condenado a 7 anos e 1 mês de prisão. Ele também tinha passagem por desacato, perturbação do sossego alheiro, desobediência e tráfico de drogas.



* CARO AMIGO Alexandre de Souza , SEU COMENTÁRIO É UM DESRESPEITO PARA COM OS FAMILHARES DO RAPAZ QUE FOI ASSINADO . PENSE BEM ! SE FOSSE UM PARENTE SEU , POR MAIS ERRADO QUE ELE FOSSE VOCE IRIA COBRAR JUSTIÇA !
 
antonio silva em 13/01/2014 09:37:42
É não deixa de ser humano,mas com tantas passagens pela polícia,já deveriam ter sido tomadas as devidas providencias,haja vista,poderia ter morrido uma pessoa inocente! É lamentável!!
 
Dalvina Fátima de paula em 13/01/2014 08:34:14
Vai com Deus flavio
Maxuel. Gol força meus amigos nesse momento triste
 
milton lopes do tijuca 2 em 12/01/2014 17:26:34
Não vejo porque gastarem recursos públicos(do cidadão de bem!) para investigar a morte de quem trouxe prejuízos a sociedade. A polícia e a Justiça deveriam agradecer por não ter mais "um" com que se preocupar e o povo agradece pela mal extirpado. DIREITOS HUMANOS PARA HUMANOS DIREITOS!
 
Alexandre de Souza em 12/01/2014 12:14:02
IRMÃOS, AS DROGAS, LÍCITAS, MATAM, MAIS QUE AS ILÍCITAS, SÃO AS DROGAS MAIS PERIGOSA, POIS ESTÃO DENTRO DA GELADEIRA, NAS MESAS DO LARES, PAIS E MÃES, INGERINDO, INCLUSIVE DANDO PARA OS FILHOS, ABRINDO ASSIM, O CAMINHO QUE LEVOU, ESSE CIDADÃO, VICIADO, EM BEBIDAS, CIGARROS, POIS QUEM AS USAM, USAM AS OUTRAS TAMBÉM, PORQUE AS LÍCITAS, NÃO SÃO PROIBIDAS TAMBÉM, VERDADEIROS PORTAIS DO diabo velho, CADE OS POLÍTICOS BRASILEIROS, PORQUE ELES NÃO VÃO AS IGREJAS, CONFESSAREM COM PADRES E PASTORES, PEGAREM O ENSINAMENTO, E PROIBIREM ISSO ATRAVÉS DE LEIS, APRENDEREM FAZER LEIS, SUBORDINADAS AS LEI DE DEUS, E ISSO JAMAIS ACONTECERÁ, O BRASIL, NAS MÃOS DE DEUS, ISSO NÃO ACONTECERÁ, DEUS E JESUS, NÃO BEBIAM, BAGUNÇAVAM, FILHOS HONREM OS PAIS.
 
PEDRO A BRAGA em 12/01/2014 11:03:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions