ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Travesti morre ao fazer lipoescultura em hospital infantil da Capital

Por Francisco Júnior | 03/02/2012 09:46

Morte foi durante cirurgia para a retirada de excesso de gordura e de silicone líquido injetável

Uma travesti de 26 anos morreu por volta das 16h15 de ontem, no hospital infantil São Lucas, em Campo Grande, após fazer uma cirurgia de lipoescultura.

De acordo com o delegado Miguel Said, do Primeira Delegacia de Polícia, a equipe médica informou que Rosenildo Martins, nome de registro o paciente, passou por uma cirurgia para a retirada de excesso de gordura e silicone líquido injetável.

No pós operatório, segundo o registro policial, a travesti entrou em choque, sofreu várias paradas cardíacas e estava reagindo os procedimentos. Porém, horas depois acabou morrendo.

O caso será investigado pelo 1º Distrito Policial.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário