A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/12/2011 14:09

Homem morto ao sair de motel disputava ”território do tráfico” na Vila Progresso

Ana Paula Carvalho

Polícia apresentou o mandante do crime na manhã desta terça-feira

Homem confessou que mandou matar casal (Foto: João Garrigó)Homem confessou que mandou matar casal (Foto: João Garrigó)

José Sandro dos Santos, de 41 anos, morto a tiros na noite do último dia 29 ao sair de um motel na Vila Progresso, onde estava hospedado com a namorada há aproximadamente 15 dias, disputava o “território do tráfico” no bairro.

De acordo com o titular da 4ª Delegacia de Polícia, Devair Aparecido Francisco, o traficante Carlos Henrique Bogadilho Sena, de 31 anos, conhecido na região como “Corumbá”, contratou dois comparsas – há a suspeita de que eles sejam adolescentes – para assassinar José e a namorada, Fabiana Pereira Gomes, de 25 anos, porque os dois estavam vendendo droga no bairro e ameaçavam entregar Corumbá à Polícia.

Aproximadamente 15 dias antes do crime, o casal conversou com o traficante e negou que estivesse na disputa pela venda de drogas ou que fosse denunciá-lo. Segundo Fabiana, tudo parecia ter se resolvido, mas as cosias mudaram no dia 29.

Eles ligaram para Corumbá pedindo uma porção de cocaína. Na entrega, o traficante foi ao Motel dirigindo uma caminhonete Ranger preta, que ele havia pegado como garantia de uma dívida e estava acompanhado de dois menores, que segundo ele, moram na região do bairro Santa Eugênio.

Enquanto Corumbá ficou no volante, os dois meninos atiraram várias vezes contra o casal. José chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do Hospital. Fabiana, que também foi baleada, passou por cirurgia e já recebeu alta, contou em depoimento que Corumbá contratou os comparsas para cometer o crime. “Ele disse ‘pode empurrar’ ou seja pode matar”, relatou ao delegado.

O traficante foi preso um dia depois na região do bairro Piratininga por policiais militares. Durante a abordagem, eles verificaram que ele estava foragido da Colônia Penal, onde cumpria pena por roubo. Ele também já estava sendo investigado pelo crime de tráfico de drogas.

Um dos menores, conhecido como “caveirinha” foi apreendido. Ele nega que tenha participado do assassinato, mas Corumbá afirma que ele é um dos atiradores.

Os suspeitos serão indiciados por homicídio qualificado e tentativa de homicídio.

Vídeo mostra momento em que homem caiu após ser baleado

Vídeo mostra momento em que homem é baleado ao sair de motel
O circuito interno de uma empresa flagrou o momento em que o vigia José Sandro dos Santos, de 41 anos, caiu após ser baleado no cruzamento da rua Tho...
Três são assassinados no período de duas horas em Campo Grande
Uma das vítimas saía de um motel com uma mulher quando foi morto. Ela foi atingida por três tiros e está na Santa CasaTrês pessoas foram assassinada...
Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...


Quando presenciamos fatos dessa natureza chegamos a uma comclusão que um dia o bem reinará no universo, pois os maus vão se destruindo entre sí, e a purificação vai acontecendo naturalmente.
 
porfirio vilela em 06/12/2011 06:43:35
E mais uma advertencias para esses pais que não sabe onde seus filhos andam e com andam.
 
paulo henrique em 06/12/2011 05:40:52
que beleza ,é traficante matando traficante, um traficante a menos e outro preso.
 
jose higuain em 06/12/2011 02:52:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions