A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/09/2014 16:02

Homem passa mal, desmaia, carro atravessa canteiro da Guaicurus e para em loja

Ludyney Moura e Filipe Prado
O Samu levou apenas 5 minutos para chegar ao local do acidente (Foto: Marcelo Calazans) O Samu levou apenas 5 minutos para chegar ao local do acidente (Foto: Marcelo Calazans)
A equipe médica ficou por pelo menos uma hora tentando reanimar o homem. Um desfibrilador foi usado (Foto: Marcelo Calazans) A equipe médica ficou por pelo menos uma hora tentando reanimar o homem. Um desfibrilador foi usado (Foto: Marcelo Calazans)

Um carro desgovernado assustou quem passava pela Avenida Guaicurus próximo ao terminal de ônibus da região, por volta das 15hs desta terça-feira (23). O veículo colidiu em um automóvel, atravessou o canteiro e só parou quando bateu na porta de uma loja de variedades.

Segundo testemunhas, o motorista, identificado apenas como Zé Pretinho, havia acabado de sair do comitê de um candidato a deputado estadual no Bairro Colibri, quando passou mal e perdeu o controle do carro, um Fiat Palio de cor laranja, atravessou as pistas e o canteiro central que cortam uma das principais vias da cidade.

“Ele veio devagar e virou a Guaicurus. Nisso eu olhei a minha filha e quando voltei o olhar ele já tinha batido na loja”, revelou a decoradora Jacqueline do Nascimento, 25 anos. As pessoas que passavam pelo local retiraram o motorista passando mal de dentro do carro.

Ainda segundo testemunhas, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) levou apenas cinco minutos para chegar ao local. Primeiro uma Unidade Básica, depois um veículo de Intervenção Rápida e por fim uma Unidade Avançada prestaram socorro ao homem, que aparenta ter por volta de 50 anos de idade.

“Eu encontrei com ele hoje mais cedo, e ele me disse que voltaria amanhã. Pouco tempo depois fiquei sabendo do acidente”, revelou a cozinheira Marília Barbosa, 59 anos, que trabalha em um restaurante da região, frequentado por Zé Pretinho. De acordo com a mulher, o motorista precisou ser internado há três dias depois de sofrer uma “ameaça de infarto”.

A equipe do Samu, composta por seis profissionais da saúde, ainda está no local realizando procedimentos de reanimação e massagens cardíacas no motorista. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions