ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Homem preso com 312Kg de cocaína é pai de adolescente morta por overdose

Por Nadyenka Castro | 14/04/2011 17:10

Moraci foi responsabilizado pela morte da filha

Moraci, preso com 312 quilos de cocaína nesta quinta-feira, é pai de adolescente morta por overdose. Na foto, ele tinha ido à delegacia prestar depoimento sobre a morte da filha. (Foto: Marcelo Victor/ Arquivo)
Moraci, preso com 312 quilos de cocaína nesta quinta-feira, é pai de adolescente morta por overdose. Na foto, ele tinha ido à delegacia prestar depoimento sobre a morte da filha. (Foto: Marcelo Victor/ Arquivo)

Moraci Pereira Brandão, 35 anos, preso com 312 quilos de cocaína na manhã desta quinta-feira, em Aquidauana, é pai de Jéssica Brandão de Lima, de 17 anos, morta por overdose em 25 de abril do ano passado, nas Moreninhas, em Campo Grande.

A adolescente foi encontrada morta na casa dela, onde morava com o pai e o namorado, Adriano Costa e Silva. No quarto onde o corpo estava a Polícia apreendeu 68 gramas de cocaína e uma porção de maconha.

Moraci não estava em casa quando a filha morreu. Ele alegou que estava em outro Estado fazendo compras de roupas para a loja que tinha no bairro.

Logo após a morte da filha, Moraci encabeçou uma passeata pelo bairro para lembrar a adolescente.

As investigações da Polícia Civil apontaram que ele e Adriano foram os responsáveis pela morte da adolescente. Moraci e o rapaz foram então indiciados por homicídio doloso (com intenção de matar), associação para o tráfico e tráfico de drogas.

Moraci não foi preso pela morte da filha. Já Adriano ficou na cadeia alguns dias.

O inquérito foi relatado em 21 de junho. Adriano e Moraci já estão sendo processados. O caso corre em segredo de Justiça.

Nos siga no Google Notícias