A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/04/2016 23:55

Homem que matou professor de informática será julgado nesta quarta-feira

Nyelder Rodrigues

Acontece nesta quarta-feira (13), a partir das 8h, o julgamento de Francimar Câmara Cardoso, acusado de matar o professor Bruno Soares da Silva Santos, no dia 16 de março de 2015, na escola de informática Microcampo, na rua Maracaju, Centro de Campo Grande.

Conforme a denúncis, Francimar usou recurso que dificultou a defesa de Bruno, que foi procurado pelo assassino no serviço. O eletricista chegou ao local e disse que pretendia conversar sobre um curso. No entanto, ele voltou no carro, pegou a espingarda e matou Bruno com um tiro.

Em depoimento à Justiça, Francimar afirmou que pretendia dar um susto no professor. Ele alegou que ficou muito nervoso após a esposa acusar Bruno de lhe assediar no serviço. Ao todo, 14 testemunhas de defesa e de acusação foram ouvidas.

O promotor de Justiça, Humberto Lapa Ferri, deu parecer pelo júri pelo crime de homicídio doloso e que dificultou a defesa da vítima. Já o defensor público Ronald Calixto Nunes, optou por debater o caso em plenário, durante o júri, que será realizado na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions