ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Homem que recebeu rim da esposa comemora volta para casa

Por Christiane Reis | 30/01/2017 14:14
Nídia doou um rim para o marido Lino Omar. A cirurgia foi feita dia 10 de janeiro. (Foto: Divulgação)
Nídia doou um rim para o marido Lino Omar. A cirurgia foi feita dia 10 de janeiro. (Foto: Divulgação)

“Estou ótimo, sinto-me muito bem”, diz Lino Omar Castilho Mendes, 53 anos, que no dia 10 de janeiro deste ano recebeu um rim da esposa, Nídia Maria Narde Castilho Mendes, 51 anos. Ele aguardou por transplante durante quatro anos e agora comemora a volta para casa.

Segundo ele, o primeiro fim de semana em casa foi excelente. Lino Omar contou que foram 15 dias de hospital e que agora aproveita o lar. “Tudo deu muito certo e vai continuar dando”, disse. O transplante foi o primeiro realizado este ano. A alta ocorreu na segunda-feira (23).

O caso – O casal está junto há 20 anos. Ela é de São Paulo e ele de Dourados. “Eu sempre brinco que ele foi de Dourados só para me buscar em São Paulo. Lá nos casamos, tivemos nossos filhos e vivemos por cinco anos até que ele me fez o convite. Aqui, nós sempre nos mantivemos juntos e mesmo durante a espera do transplante sempre tive a certeza que nossa hora iria chegar e chegou”, contou Nídia em entrevista ao Campo Grande News no início do mês.

Em março de 2013, Lino Omar descobriu o quadro de insuficiência renal crônica por decorrência do diabetes e hipertensão.  A ida ao hospital ocorreu depois das fortes dores nas pernas, vômito e diarreia. “Os médicos constataram que apenas 10% dos rins dele funcionava normalmente. Ele já teve de ir para o CTI (Centro de Tratamento Intensivo) e em seguida começaram a sessões de hemodiálise”, contou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário