A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/11/2015 19:03

Identificada passageira de moto que morreu em colisão com viatura da PF

Alan Diógenes
Viatura da PF ficou destruída, mas militares conseguiram sair com vida. (Foto: Marcos Ermínio)Viatura da PF ficou destruída, mas militares conseguiram sair com vida. (Foto: Marcos Ermínio)

A mulher que estava como passageira da motocicleta envolvida em acidente com um veículo e uma viatura da Polícia Federal, na manhã desta terça-feira (10), foi identificada como Aparecida Rodrigues de Azevedo, 41 anos. Ela, o piloto da moto Adriano Souza Oliveira, 30, e mais o funileiro Antônio Muniz, 56, que conduzia o veículo Corsa Sedan morreram na hora da colisão ocorrida na BR-163, entre as saídas de Três Lagoas e Cuiabá, em Campo Grande.

Os policiais que estavam na viatura, Claiton Luiz de Melo e Claudemir Natalino Alves, foram encaminhados para a Santa Casa, onde passaram por avaliação médica, sendo internados em seguida para observação. Eles sofreram apenas escoriações pelo corpo.

O acidente aconteceu durante perseguição a um veículo Duster, de cor branco, que, segundo informações, estava carregado com drogas. Testemunhas afirmaram que a viatura da Polícia Federal seguia a quase 150 km/h com giroflex ligado, então o condutor do veículo jogou o carro para o acostamento, mas os policiais perderam o controle da direção e capotaram atingindo o Corsa Sedan e a motocicleta.

A Polícia Civil compareceu ao local, porém as investigações foram realizadas pela Polícia Federal. Viaturas do Corpo de Bombeiros, Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e CCR MSVia foram acionadas para atender a ocorrência.

Para encontrar o envolvido, duas viaturas da PRF, através do Núcleo de Operações Especiais, estiveram envolvidas em sua captura. Todas as bases da Polícia Federal foram informadas sobre as características do veículo, para encontrá-lo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions