A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

23/06/2015 21:40

Idoso atira e mata cachorro que invadiu seu quintal, 2º caso no dia

Alan Diógenes
Nesta tarde outro cachorro foi morto a tiros após invadir a casa de um policial. (Foto: Marcos Ermínio)Nesta tarde outro cachorro foi morto a tiros após invadir a casa de um policial. (Foto: Marcos Ermínio)

Um homem de 69 anos foi preso, por volta das 13h55 desta terça-feira (23), após matar a tiros de espingarda o cachorro do vizinho, na Rua João Trevillato, Jardim Colibri, em Campo Grande. Segundo o acusado, ele cometeu o crime porque o animal comia suas galinhas no quintal.

Conforme o boletim de ocorrência, o dono do cachorro chegou em casa e viu as duas filhas chorando dizendo que o cão estava morto, e que tinha uma perfuração no corpo. Ele descobriu que o vizinho havia atirado no no animal.

Ao chegar ao endereço do idoso, o mesmo confessou ter matado animal, mas disse que não estava mais em posse da arma de fogo. Ao entrar na residência, os policiais encontraram a espingarda utilizada no crime, um revólver calibre 32 com cinco munições no tambor, além de caixas com munições.

Ele foi encaminhado à Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista) e vai responder por posse ilegal de arma de fogo e maus-tratos contra animais.

Outro caso - Na tarde desta terça-feira um cachorro invadiu uma casa e foi morto com um tiro de pistola por um investigador da Polícia Civil por volta das 15h, na esquina das ruas Júlio Dittmar e 13 de Junho, no Bairro Monte Castelo, em Campo Grande.

O caso será investigado pela 1ª Delegacia de Polícia, no Centro, segundo o delegado responsável pelo caso Wilton Vilas Boas. O investigador não deve responder criminalmente pelo caso porque a polícia entende que agiu em legítima defesa.

 



O que irá acontecer com este policial?
 
gaucho em 23/06/2015 23:21:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions