A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/09/2012 09:48

Incêndio em subestação deixou 35 mil clientes sem energia na Capital

Francisco Júnior e Paula Maciulevicius
Fogo produziu labaredas de cerca de 6 metros. (Foto: Simão Nogueira)Fogo produziu labaredas de cerca de 6 metros. (Foto: Simão Nogueira)
Equipes do Corpo de Bombeiros dentro da subestação. (Foto: Minamar Júnior)Equipes do Corpo de Bombeiros dentro da subestação. (Foto: Minamar Júnior)

Levantamento da Enersul apontou que 35 mil clientes da concessionária ficaram sem energia elétrica após o incêndio na subestação do bairro Miguel Couto, na manhã desta sexta-feira, em Campo Grande. De acordo com a empresa, a energia já foi restabelecida em 80% dos domicílios afetados.

Segundo o gerente de manutenção da Enersul, Jair Doniak, o incêndio foi provocado por um curto-circuito em um dos três transformadores da subestação. Ele explica que um raio causou o curto. “ Nos estamos apurando por onde esse raio entrou. Se foi direto na estação ou pela rede de energia”.

Informações preliminares davam conta de que havia ocorrido uma explosão na subestação, incidente não confirmado pelo gerente.

Conforme o gerente, o curto-circuito teve inicio as 7h38 da manhã e foi contido 1h20 depois por cerca de 20 homens do Corpo de Bombeiros. Ninguém ficou ferido.

Várias equipes da concessionária estão no local fazendo levantamento dos estragos. O gerente afirma que seria possível a subestação continuar redistribuindo energia para os bairros da região, mas por orientação dos bombeiros os outros dois geradores foram desligados. A carga de energia foi remanejada para outras estações.

O transformador será substituído e o trabalho deve durar cerca de uma semana, mas não deve prejudicar o fornecimento de energia na região. Complexa, a manutenção do equipamento danificado pode durar mais de um ano.

A subestação tem 60 pára-raios, mas que não foram suficientes para conter a descarga elétrica. Conforme Jair Doniak, Campo Grande é uma das cidades do País com maior incidência de raio, cerca de 15 raios por quilômetro quadrado.

Para conter as chamas, os bombeiros utilizaram 20 mil litros de água e 50 litros de espuma, usada para resfriar o local incendiado. Segundo o sargento Pereira da Silva, no momento em que as equipes geram na subestação o incêndio estava concentrado no reservatório de óleo do transformador.



Passei no local logo que havia ocorrido o incendio, a quantidade de fumaça era imensa, foi uma cena incrivel...
 
thiago yahn em 21/09/2012 07:06:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions