A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/05/2013 17:58

Incêndios tomam conta de vegetação e moradores ficam preocupados

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira
Bombeiros controlam focos de incêndio com abafadores. (Foto: Marcos Ermínio)Bombeiros controlam focos de incêndio com abafadores. (Foto: Marcos Ermínio)
Ana Cristina, ajudava militares com enxada. (Foto: Marcos Ermínio)Ana Cristina, ajudava militares com enxada. (Foto: Marcos Ermínio)

O período de seca em Mato Grosso do Sul já começou e as queimadas em vegetação voltaram à rotina do Corpo de Bombeiros, como acontece nesta época do ano. Nesta quinta-feira, a situação ficou crítica no Portal Caiobá, em Campo Grande, e assustou quem mora e quem trabalha por lá.

Diversos terrenos, em pontos diferentes do bairro, pegaram fogo. Um deles, na rua Francisco Antonio de Souza, em frente ao Ceinf (Centro de Educação Infantil) Sandra Mara Gobbo.

Por causa da fumaça, funcionários do Ceinf ficaram preocupados, com receio de alguma criança passar mal. O Corpo de Bombeiros foi chamado e controlou as chamas do terreno vizinho ao da creche com abafadores.

Próximo dali, na rua Leão Zardo, outra situação preocupante: chamas em um terreno baldio se aproximavam de uma casa em construção, onde há várias madeiras.

Com medo de o fogo destruir tudo, Alessandra Leite Silveira, 35 anos, ajudava os militares a conter as chamas. Ela é a dona da casa em construção e com uma mangueira, jogava água no local. A amiga dela, a assistente administrativa Ana Cristina Vieira, 34 anos, ajudava com uma enxada.

Conforme o Corpo de Bombeiros, desde o início do ano já foram atendidos aproximadamente 1,2 mil casos no Estado de queimada em vegetação. Cerca de 550, em Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions