A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/01/2011 12:40

Infiltrações geram conflitos entre condomínio e pizzaria L’aqua in Bocca

Ana Maria Assis
Sem ter para onde escoar, água acumula e acaba entrando para o outro lado, incomodando moradores. (Foto: João Garrigó)Sem ter para onde escoar, água acumula e acaba entrando para o outro lado, incomodando moradores. (Foto: João Garrigó)
Cômodos do condomínio tem infiltração por causa da água acumulada no estacionamento da pizzaria. (Foto: João Harrigó)Cômodos do condomínio tem infiltração por causa da água acumulada no estacionamento da pizzaria. (Foto: João Harrigó)

Moradores do condomínio Eudes Costa, na avenida Mato Grosso, na Vila Célia, reclamam do descaso com o escoamento da água do estacionamento da pizzaria “L’aqua in Bocca”, vizinha de dois blocos de apartamentos. O estacionamento da pizzaria e restaurante, além de não ser calçado, não possui canaleta ou qualquer tipo de estrutura para escoar a água das chuvas e, conforme os moradores do residencial, funcionários do estabelecimento costumam até “ajudar” a água a seguir para o rumo do condomínio, “cutucando” um buraco que fica na divisa entre o Eudes Costa e a L’aqua in Bocca.

O Campo Grande News foi até a pizzaria buscando informações sobre o posicionamento do proprietário, no entanto, a equipe foi recebida por um senhor que não chegou a se identificar e apenas disse fechando a porta: “Esse é um problema entre nós e o condomínio. Não tenho nada a dizer e nem vou dar atenção”. Conforme moradores, a prefeitura já foi acionada e as reclamações já foram feitas diretamente a L’aqua in Bocca por diversas vezes.

Frequentada pela classe média e alta de Campo Grande, a pizzaria tem um estacionamento que ocupa praticamente um terreno inteiro, mas segundo moradores do condomínio, quando chove é comum ver veículos, até de clientes, atolados no local. A janela da sala de Roselene Ribeiro Leite, 35 anos, tem vista para o estacionamento. Ela mostra a falta de calçamento e de escoamento para a água do local, e conta que até a sujeira que o vento levanta incomoda quem mora em andares superiores. “Eu limpo de manhã, quando é a tarde já está tudo sujo. Quando chove vemos muita água e carros atolando, e no tempo seco, sobe a poeira”, contou a moradora que vê o problema há quase dez anos.

Kelly Cristina Moraes, 40 anos, convive com uma preocupação ainda maior. No apartamento dela, no térreo de um dos blocos vizinhos ao muro que separa o condomínio e o estacionamento da L’aqua in Bocca, dois quartos estão com infiltração e para ela o motivo é a falta de estrutura do estacionamento ao lado. Os dois quartos possuem marcas de umidade de aproximadamente 10 centímetros do chão, que ao longo de todo o rodapé dos dois quartos. Kelly explica que estas marcas são das últimas chuvas, que deixaram os cômodos manchados pela umidade que vem do estacionamento, que segundo ela, fica “completamente alagado”.

Os moradores contam que os responsáveis pela pizzaria são de difícil acesso e respondem grosseiramente ás reclamações. Para a moradora Kelly, “isso é muito sério, pois pode abalar a estrutura do bloco”.

Além dos moradores, a própria síndica do condomínio, Francisca Assis Santos, diz que já tomou providências. Ela mostrou as árvores e mato do terreno que fica atrás do estacionamento da pizzaria e que quase invadem os limites do muro que separa o condomínio. Segundo ela, já teve que por si mesma, contratar alguém para cortar os galhos que pendem para o lado do Eudes Costa. “Mandei uma reclamação em documento para os proprietários da pizzaria, mas nada foi feito, querem que nós façamos alguma coisa, sendo que a responsabilidade com a área é deles”, argumenta a síndica.

Roselene diz que, da sua janela, diversas vezes já viu veículos atolados no estacionamento da pizzaria. (Foto: João Garrigó)Roselene diz que, da sua janela, diversas vezes já viu veículos atolados no estacionamento da pizzaria. (Foto: João Garrigó)
Moradores dizem que já reclamaram diversas vezes, mas pizzaria não assume responsabilidade. (Foto: João Garrigó)Moradores dizem que já reclamaram diversas vezes, mas pizzaria não assume responsabilidade. (Foto: João Garrigó)
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...
Mulher é atropelada pelo ex-marido e está em estado grave na Santa Casa
Uma mulher de 33 anos foi atropelada pelo ex-marido e está internada em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, sedada e entubada na CTI (Centro ...


Pela foto , da para entender que o aterro da area verde (canteiro) do condominio esta encostado na parede do predio, e do lado o murro da pizzaria. não seria melhor fazer uma canaleta para o escoamento e isolamento da infiltração. esta situação não foi prevista no incio da construção do condominio Eudes Costa. gostaria de saber como era antes da pizzaria pois ela não e mais velha que o condominio.?????
 
Paulo Duraes em 18/01/2011 05:21:50
ISSO VAI ACABAR EM PIZZA......... EM EXELENTE PIZZA....PORQUE NA VERDADE É A MELHOR PIZZARIA DE CAMPO GRANDE....NADA QUE UM BOM SENSO RESOVA.....OU UMA BOA PIZZA........
 
Rogério Costa em 18/01/2011 03:39:46
Seguintes fatores a ponderar: 1º A própria prefeitura regimenta a respeito da área de permeabilidade dos terrenos, que sofreu alterações. Portanto o estacionamento da pizzaria não pode ser completamente calçado uma vez que representa a área de permeabilidade do solo dos dois terrenos, cujo um é construido e o outro serve de estacionamento. 2º Um bom profissional de pintura poderia instruir os condominos sobre a possibilidade de impermeabilizar as paredes e posteriormente efetuar a pintura por cima, ajudando a não umidificação, o conhecido Neutrol é um desses produtos. 3º Percebe-se que de ambos os lados existem plantas e terra, o canteiro do condomínio está em divisa com o muro da pizzaria, que ocasiona infiltração para o lado da pizzaria tambem. Concluindo, é necessário um melhor bom senso e não só apontar a L'aqua in Bocca como culpada, denegrindo sua imagem séria que a anos representa-se como uma das melhores pizzarias da capital.
 
Amanda Ketlyn em 18/01/2011 01:57:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions