A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/08/2015 16:57

Jovem que matou churrasqueiro foi preso ao viajar a pé de Anhanduí à Capital

Ricardo Campos Jr. e Alan Diógenes
Alex afirma que estava sob efeito de drogas e álcool no momento do assassinato (Foto: Fernando Antunes)Alex afirma que estava sob efeito de drogas e álcool no momento do assassinato (Foto: Fernando Antunes)

Policiais da 4ª DP de Campo Grande prenderam Alex Sandro Pinheiro dos Santos, 24 anos, integrante do grupo que matou o churrasqueiro Francisco Irivan Alves, 48 anos. Segundo a delegada responsável pelo caso, Célia Maria Bezerra, o suspeito foi encontrado ao viajar a pé de Anhanduí para a Capital. Ele estava cortando caminho pelas fazendas na região e foi denunciado por um dos proprietários rurais.

João Roberto Lopes da Silva, 22 anos, e Paulo da Silva Brito, 26 anos, já estavam presos pelo crime. O assassinato também teve a participação de uma adolescente de 14 anos, que foi apreendida e levada para a Deaij (Delegacia Especializada em Atendimento à Infância e Juventude).

Francisco foi espancado por conta de R$ 10 e um celular. Ele conheceu os suspeitos em um clube de laço em Anhanduí e aceitou o convite deles para seguir até um bar, onde consumiram bebidas alcoólicas.

O grupo então chamou a vítima para dar uma volta em um Fiat Prêmio conduzido por Paulo. Eles pararam ao lado de um matagal, onde a adolescente atraiu e levou Francisco. Em seguida, os homens foram ao encontro deles e cometeram o crime.

Para matar o churrasqueiro foi usada uma tora de madeira de aproximadamente 1,5 metros, segundo a delegada.

À imprensa, Santos diz ter matado a vítima não apenas sob o efeito de álcool, mas de drogas também. “Estávamos muito loucos”, diz. O grupo, segundo ele, pensava que Francisco estava carregando grande quantia em dinheiro, o que não se confirmou.

O preso afirma também que foi ele quem deu os golpes na vítima e que a ideia inicial não era matá-la, mas apenas roubá-la. No entanto, Célia desconsidera a versão, tendo em vista que Santos conhecia o churrasqueiro.

Chamou atenção da polícia o fato de o suspeito ter seguido com a rotina normal mesmo após ter cometido um homicídio. Foi descoberto ainda que ele e a adolescente são irmãos e apontados como os principais mentores da morte. A jovem está grávida de três meses.

O celular da vítima foi encontrado quebrado no Jardim Noroeste, onde moram os envolvidos. A adolescente informou onde havia jogado o objeto ao ser pressionada pela mãe em depoimento na Deaij.

A jovem vai responder por ato infracional análogo a latrocínio. Já os adultos, além de roubo seguido de morte, vão responder por corrupção de menores.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions