A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/08/2015 19:13

Jovem recupera carro após achar pistas de golpista em lixo de hotel

Alan Diógenes

Uma estudante conseguiu recuperar o veículo roubado durante um golpe, após anunciar a venda em um site na internet. Ela deixou as chaves de casa dentro do carro, ligou para o bandido pedindo os objetos e conseguiu chegar ao hotel onde ele estava hospedado. Lá ela revirou o lixo e encontrou informações sobre o mesmo que já havia deixado o local. 

Conforme a delegada da 4ª Delegacia de Polícia Civil do Bairro Moreninhas, Célia Maria Bezerra da Silva, a jovem anunciou a venda do veículo no site e um pessoa ligou interessada no negócio. Eles marcaram um encontro para o suposto comprador ver o carro.

O ladrão se apresentou dizendo que seu pai fazendeiro de Sidrolândia era quem pagaria a quantia pelo carro. Então ele ligou para o “pai” e a pessoa que atendeu disse à vítima que ela poderia passar o veículo que o depósito seria feito em sua conta bancária. A vítima passou o número da conta e o bandido levou o veículo.

A estudante saiu e verificou a conta onde havia o depósito de um cheque no valor solicitado pelo carro. Ela chegou a ir ao cartório no mesmo dia e passou o veículo para o nome do suposto comprador.

Em certo momento, a jovem percebeu que suas chaves tinham ficado dentro do veículo. Ela então ligou para o suposto comprador pedindo que ele entregasse os objetos, que estava precisando muito e que não iria parar de ligar enquanto ele não entregasse.

O ladrão enviou um mototaxista entregar as chaves. No dia seguinte, a estudante foi verificar a conta e descobriu que o cheque depositado tinha sido roubado no Estado do Rio de Janeiro.

Quando percebeu que havia caído em um golpe, ligou para o mototaxista e perguntou onde ele havia pegado as chaves. O profissional disse que foi em um hotel no Centro. Chegando no hotel, a vítima passou as caracteristicas do golpista e a recepcionista disse que ele era de Rondonópolis (MT) e havia saído há pouco em companhia de um homem e duas mulheres.

A estudante perguntou se poderia mexer no lixo do quarto onde os dois casais tinham ficado. A funcionária autorizou e a jovem encontrou no lixo diversos extratos de tranferências bancárias em nome do golpista.

Eram tantos extratos que ela teve que colocar em uma pasta e levar à delegacia para registrar o boletim de ocorrência. Em outra ocasião, um funcionário de uma garagem ligou para ela dizendo que havia dado um problema na documentação do veículo.

Com apoio de policiais da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), a vítima foi até a garagem e conseguiu recuperar o carro. Agora o caso está sendo investigado pela 5ºDP que procura informações do paradeiro do golpista com a polícia de Rondonópolis.

A delegada Célia Maria faz um alerta sobre as vendas rápidas e fáceis pela internet. “É muito comum haver golpes deste tipo com negociação pela internet. Teve o caso Erlon que foi morto desta forma e mesmo assim a população ainda insiste em fazer desta forma. É o famoso barato que sai caro”, finalizou.

Golpista do Minha Casa, Minha Vida vai pagar um salário para vítimas
Acusado de se passar por corretor do programa Minha Casa Minha Vida e cobrar para facilitar financiamento de imóveis, Emerson Conde de Andrade foi co...
Golpista "pega" R$ 2,1 mil de conta para pagar IPVA e multa de carro em SP
Um campo-grandense de 27 anos sofreu um golpe de estelionato e teve R$ 2,1 mil em prejuízos. Ao acessar sua conta na Caixa Econômica Federal pela últ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions