A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/04/2011 17:50

Jovens acusados de homofobia se dizem assustados com repercussão

Jorge Almoas e Viviane Oliveira
Filho do prefeito de Costa Rica (de preto) confirmou as agressões. O primo dele (de laranja) também é acusado.Filho do prefeito de Costa Rica (de preto) confirmou as agressões. O primo dele (de laranja) também é acusado.
Um dos acusados chegou com o pé engessado à delegacia, motivado pelas agressões. (Foto: Simão Nogueira)Um dos acusados chegou com o pé engessado à delegacia, motivado pelas agressões. (Foto: Simão Nogueira)
Outro acusado começou depoimento sorrindo. Delegada disse que pode ser nervosismo(Foto: Simão Nogueira)Outro acusado começou depoimento sorrindo. Delegada disse que pode ser nervosismo(Foto: Simão Nogueira)

Os quatro jovens acusados de agredir um estudante de Artes Visuais por homofobia na madrugada do último dia 15, se mostraram assustados com a repercussão do caso, mas negaram os xingamentos homofóbicos e qualquer atitude de aversão à homossexualidade, o que configura a homofobia. Eles prestaram depoimento nesta terça-feira no 1º DP, no Centro de Campo Grande.

“Por causa da repercussão, os quatro perderam o emprego”, informou o advogado de defesa, Wagner Leão do Carmo, sem saber dizer aonde os jovens trabalhavam.

A delegada que apurou os depoimentos, Daniella Kades, comentou que chegou a dar entrevistas para Curitiba e São Paulo sobre o caso de agressão por homofobia.

O advogado explicou que os jovens haviam saído de um local, não detalhado, onde se envolveram em uma discussão. Exaltados, eles passaram pelo cruzamento das ruas Boa Vista e Bahia, onde avistaram a vítima e um amigo, que estavam em uma boate próxima.

“Eles não xingaram ninguém, mas resolveram agredir”, disse Wagner, confirmando a falta de motivo para a agressão.

Sobre a homofobia, todos negaram não ter qualquer atitude contrária a homossexuais. A vítima e o amigo, que correram para não serem agredidos, sustentam que foram xingados de “veados”.

Um dos jovens que esteve na delegacia na tarde de hoje iniciou o depoimento sorrindo. A delegada comentou que o motivo do sorriso pode ser nervosismo. Kades informou que aguarda a chegada do TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), onde os acusados se comprometem a responder à justiça quando forem chamados.

A repercussão do caso é atual uma vez que no final de semana, uma travesti foi morta a facadas por três homens em Campina Grande (PB).

Em São Paulo, diversos casos de agressão a homossexuais foram registrados, como do adolescente agredido com uma lâmpada fluorescente.



Ação democrática legitima (a de afirmar que os homossexuais são perseguidos) de pessoas de grande habilidade de Mídia; a qual cito no Blog que vou sugerir no seguimento para conhecimento e avaliação.
Quando digo grande habilidade no saber como tratar Notícias e Informações; isto decorre do fato da maneira ruidosa e coerente como conseguem transformar um fato (lamentável é claro) em um factóide (fato maximizado, ampliado acima da sua real razão de ser) de grande repercussão, como é feito diversas vezes que ocorre algum tipo de agressão a homossexuais; cujos números estão muito aquém das agressões contra a mulher e as mútuas entre torcedores, pelo fato fútil de serem torcedores de Times diferentes... Comento isto aqui como elogio à forma inteligente como os homossexuais trabalham os Meios de Comunicação, reproduzindo aqui e ali elementos de Merchandising para aprovar o PLC 122.
É estranho e difícil para eu entender como os homossexuais e a Mídia que têm dentro da sua comunidade ─ hoje e no decorrer da história ─ pessoas inteligentes semelhantes aos filósofos gregos homossexuais: o grande retórico Lísias e o inteligentíssimo Aristófanes, autor do Mito do Andrógino, ver, obra O Banquete da Platão ─; também artistas, intelectuais, pessoas de várias formações acadêmicas e principalmente as da área das Letras; não atentem para o que chamo de estupidez lingüística, que é o chavão acusativo HOMOFÓBICO (de homo-fobia), sabendo-se que homo (latim, homem), homo (grego; igual, semelhante; que é usado em homofobia) e fobia (grego, φόβος ─ medo com decorrente ação retro-ativa de fugir). Do que se conclui que: ao chamarmos alguém de homofóbico estaremos dizendo exatamente ser aquele que tem o sentimento de medo (fobia) a vítima desse (o criminoso no exato entendimento do termo) que lhe infunde medo.
Não tenho nada absolutamente nada contra os reais direitos dos homossexuais; entretanto tenho tudo contra O PLC 122 OU A DITA LEI HOMOFÓBICA (este é o título do meu Blog), cujo endereço é www.verdaderespeitoejustica.blogspot.com , no qual, demonstro ser esta lei, não aquilo que defende os direitos dos homossexuais e sim, um odioso instrumento de Censura; como também está de maneira sintética (sinopse) em outro Blog meu, endereço  www.sinteserespeitoejustica.blogspot.com .
P.S.: Apenas para reforçar como lembrete e gerar interesse ou curiosidade com relação ao Blog citado. CLAUSTRO + FOBIA, FOTO + FOBIA e algumas outras fobias têm plena assertiva nas suas construções, pelo fato óbvio de que quem está enclausurado ou diante de uma forte luz, desesperadamente busca fugir. O que aconteceu com as pessoas que têm conhecimento lingüístico? E o bom senso, o que foi feito dele (no não haver cuidado com o que se escreve e veicula), quando se mantêm o absurdo chavão chamado HOMOFOBIA, que é exatamente contra aquilo que se quer defender?.. Obrigado e parabéns pela dignidade democrática de respeitar opiniões.
Atenciosamente JORGE VIDAL


 
JORGE VIDAL em 24/04/2011 10:43:45
Se perderam o emprego eu não sei, Mas deveriam é perder a liberdade, e logo, antes que agridam outros.
 
Luis fernando ferreira da silva em 21/04/2011 12:18:44
Só a justiça pra engolir. Perderam o emprego? como? Se não foi divulgado nome, endereço, placa do carro. Que mentira mais deslavada. Gesso, qualquer assistente de enfermagem sabe colocar. Será que vai usar de argumento que foi machucado pela vítima? Ou será que vão enxergar o óbvio, que ele se machucou de tanto chutar a vítima. Eleitor! Não seja "ingenuo", qualquer político iria a imprensa dizer que não aprovou pra ficar bem na "foto", mas as atitudes desses rapazes são reflexos da educação que receberam.
 
Marcia Maria em 20/04/2011 12:41:58
Sem discutir a gravidade do delito de agressão que é atribuição do Juíz, me preocupa a histeria que incendeia a midia e, por reflexo, a população toda vez que alguém fala "homofobia". Me preocupa o que acontecerá quando o governo e ongs aprovarão a criminalização se já agora se faz todo esse prejulgamento e execração.
Respeito os seus direitos mas não quero ser agredido nos meus, isso é democracia e não a subversão da opinião pública por campanhas orquestradas e mendazes.
 
Carlos d'Amore em 20/04/2011 08:59:43
na hora de agredir o rapaz eles nao se assustaram ne?
e nem se importaram com repercucao.bando de playboy,tem que pagar mesmo.
parabens ao prefeito pai de um dos agrecores por se portar firme na decisao que lei e respeito ao proximo tem que existir.
 
virgilho souza em 20/04/2011 08:35:43
Pouco importa o motivo, que neste caso só serve como comburente para movimentos de defesa dos homossexuais propagaram a sandice de criminalizar a homofobia. Antes de qualquer motivo, existe a agressão que por si só já é motivo suficiente para que a lei - ineficaz, já que se trata de um sistema obsoleto - puna estes transgressores.
 
albert foucault em 19/04/2011 11:45:33
PENSO SER IMPORTANTE O ADVOGADO DA FAMILIA PEDIR AO SECRETARIO JACCINI A TROCA DA DELEGADA QUE CONDUZ O CASO, POIS A MESMA ESTA VENDO UM SORRISO COMO NERVOSISMO PODE UMA COISA DESSA???? NERVOSO, COM CERTEZA SARCASTICO ESSE SORRISO SÓ A DELEGADA NÃO VIU, COLOCA Dra.MARIA DE LOURDES PRA VER SE A COISA NAO TOMA OUTRO RUMO OU PELO VISTO COMO EM MUITOS CASOS EM QUE A POLICIA NAO TOMA AS DEVIDAS MEDIDAS ACABA EM PIZZA!!!!! É O PAÍS DA IMPUNIDADE ISSO É BRASIL PUBLIQUEM
 
jafar fares em 19/04/2011 10:33:15
Depois daquela entrevista do Bolsorraso, aliás Bolsonaro, a coisa ficará "preta Gil" para a galera homoxessual. (sik) Ele conseguiu, maquiavelicamente, colocar em ação seus planos hitlerano já que seu visual colabora na lembrança daquele líder nazista.
 
Ezio José em 19/04/2011 10:29:04
Como é boazinha essa delegada hen! ela acha que o cara riu ao dar depoimento de nervossismo...eu acho que ele riram foi da cara da delegada, zombou, puro deboche, pois sabem que não vai dar em nada mesmo, eles são da classe alta, um é filho do prefeito de Costa Rica, ai se fosse o filho de um Zé qualquer, achariam até um artigo pra enquadra lo e agravar a situação, mas nesse caso o entendimento é outro. Deixa os na boa, pois eles estão quase sendo vítima da percussão do caso. Acorda delegada a Lei e a justiça deve ser pra todos.
 
EDILSON SILVA em 19/04/2011 09:56:30
ESPERO QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA...........
 
Fernanda Muniz em 19/04/2011 09:25:56
Perderam o emprego. Bom para aprender que toda ação gera consequências. E é preciso assumir a responsabilidade. Cada um é responsável por seus atos. Esses jovens servem de exemplo para repensármos essa sociedade que estamos vendo surgir intolerante, individualista e sem limite, onde a banalidade toma conta da nossa juventude. Estão assutados pela repercussão... parabéns para eles. A vida é assim, uns se destacam pela inteligência, bondade e por suas contribuições a humanidade. Outros por sua medriocridade, falta de caráter e por atingir pessoas inocentes. Os quatro estão tendo assuas horas de fama. E espero que a justiça seja realmente rigorosa. A César o que é de César. E a Deus o que é Deus!
 
Valter Queiroz em 19/04/2011 07:49:53
nossa cidade é tranquila esses moços ,quando vem pra capital acha que aki é fazenda dos pais deles ,aki o coro come de quina a ki os delegados nao sao amigos dos pais deles tomara que os homossexuais nao vote nos pais deles na proxima eleicoes.parabens pra delegda.
 
antonio conceiçao da silva em 19/04/2011 07:39:58
Facil dizer isso sem motivo passo na rua agrido qualquer um. NORMAL na cabeça de quem? Fico pensando este é o futuro desta cidade. Gentinha cada vez mais ignorante e preconceituosa. Quando assim bateram pq acharam o cara indefeso. Pq nao foram atras de um pit boy. Afinal pelo que vi na foto eles nem sao tudo isso. São fracos e covardes com certeza. Pq nao procuram alguem que gosta de bater. Seria melhor afinal seria o mesmo nivel. Gente igual a essa envergonha qualquer um. Quem bate em homossexual bate em mulher criança qualquer um que seja mais fraco do que ele. E um pergunta aos pais dos rapazes é essa a educação que vcs deram. Investiram qto em dinheiro para isso?
Pensem e conversem com seus filhos. Quem sabe ainda vcs consigam corrigi-los.
 
Antonio Jose Da Silva em 19/04/2011 07:24:35
Assustados? estes jovens deveriam estar envergonhados, e não deveriam responder em liberdade, os filhinhos de papai deveriam estar presos.
 
Angelica Louveira em 19/04/2011 07:24:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions