ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Juiz autoriza avanço na negociação para reativar o Hotel Campo Grande

Magistrado manteve a necessidade de depósito em juízo de R$ 15 milhões, relativos ao valor do bem

Lucia Morel | 07/07/2023 12:18
Fachada do antigo hotel na Rua 13 de Maio continua intacta (Foto: Clara Farias/Arquivo)
Fachada do antigo hotel na Rua 13 de Maio continua intacta (Foto: Clara Farias/Arquivo)

O juiz da 6ª Vara de Família e Sucessões, Alexandre Tsuyoshi Ito, autorizou a manutenção das negociações de compra e venda do Hotel Campo Grande. Família herdeira e o empresário Wagner Marcelo Monteiro Borges aguardavam a decisão para dar andamento ao negócio.

“Defere-se, tão somente, o início das tratativas para a alienação judicial do bem imóvel noticiado (Hotel Campo Grande), cuja minuta deverá conter cláusula de depósito do preço em juízo (conta única), observado o valor de mercado como parâmetros”, cita a decisão.

O magistrado manteve, entretanto, a necessidade de depósito em juízo de R$ 15 milhões, relativos ao valor do bem, o que seria razão para o negócio ser desfeito, conforme pedido de habilitação de comprador feito por Wagner Marcelo na ação de inventário, que corre desde 1996.

Ele disse ao Campo Grande News que, apesar disso, manterá o contrato de compra e venda já assinado em dezembro do ano passado. Para o juiz, o depósito é necessário e se justifica até para pagar credores do espólio.

Por fim, Ito destaca que “a presente autorização para a abertura da fase de negociação não se trata de 'alvará' e nem de permissão para a escrituração e registro de venda, que será objeto, como dito, de fase posterior” e assim, “a cópia da presente decisão é suficiente para o conhecimento dos interessados”.

Nos siga no Google Notícias