A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/03/2013 13:03

Juizado de Pequenas Causas homenageia funcionárias no Dia da Mulher

Luciana Brazil
Funcionária Sirléia aproveita a homenagem para se maquiar.  (Fotos:Marcos Ermínio)Funcionária Sirléia aproveita a homenagem para se maquiar. (Fotos:Marcos Ermínio)

As funcionárias dos seis Juizados Especiais de Pequenas Causas em Campo Grande receberam no início da tarde de hoje uma homenagem coberta de mimos. No Dia Internacional da Mulher, as cerca de 40 funcionárias foram recebidas com pétalas de rosa, e muitos agrados. A maquiagem feita por uma consultora, além de um espaço para venda de jóias e lingeries, fez parte dos cuidados oferecidos.

A homenagem se estenderá por toda tarde, segundo a coordenadora geral dos juizados Joanice Lemos de Souza . “A mulher tem um papel muito grande na sociedade e essa é uma forma de mostrar o quanto ela é importante. A tarde haverá ainda mais surpresas”, afirmou. Ela lembrou que, apesar da homenagem ser feita apenas no prédio da Joaquim Murtinho, as funcionárias dos outros cinco juizados “receberão uma lembrancinha”.

Joanice diz que homenagem é uma forma de simbolizar a importância das mulheres.Joanice diz que homenagem é uma forma de simbolizar a importância das mulheres.
Caminho foi coberto por pétalas de rosa.Caminho foi coberto por pétalas de rosa.

São quase 100 funcionárias ao todo, e as mulheres recebem constantemente a admiração dos colegas. “Elas estão se destacando cada vez mais. Costumo dizer que a mulher faz a gente pensar que estamos no comando, mas são elas quem tem a força”, disse o diretor do departamento dos juizados, Nildo Martins.

Hoje, dos 11 magistrados que atendem os juizados da Capital, quatro são mulheres, duas delas realizam atendimento no Juizado de Pequenas Causas. Além das juízas, analistas judiciárias, funcionárias do cartório, conciliadoras, recepcionistas, secretárias e advogadas fazem parte do quadro de profissionais.

Para a analista judiciária Sirlei Batista, 47 anos, a experiência de ser maquiada por uma profissional foi “ótima”. “É um mimo que valoriza. A gente se sente bem”, disse enquanto mostrava os olhos marcados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions