A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/05/2012 09:10

Júri popular absolve homem acusado de assassinato no Santo Amaro

Nadyenka Castro

Robson Gonçalves da Silva Souza, 25 anos, foi absolvido. O outro réu pelo crime teve o julgamento adiado para junho

Em júri popular realizado nessa quarta-feira, Robson Gonçalves da Silva Souza, 25 anos, foi absolvido da acusação pelo assassinato de Cristiano de Andrade Barreto, 32 anos, ocorrido no dia 16 de setembro de 2010.

O outro réu pelo crime, Walney Mendes Barreto, 33 anos, também seria julgado pelo homicídio nessa quarta-feira. No entanto, a pedido da defesa, o julgamento foi adiado para junho.

O promotor de Justiça, Douglas Oldegardo Cavalheiro dos Santos, pediu a condenação de Robson nos termos da pronúncia. O defensor público Ronald Calixto Nunes sustentou a tese de que o acusado não seria o autor do crime.

Dos cinco votos revelados, quatro foram a favor da defesa, alcançando maioria absoluta de votos pela absolvição do acusado e apenas um jurado votou de acordo com a tese da acusação.

Cristiano foi morto com um tiro na boca em razão de um desentendimento anterior entre ele e Walney.

Os dois réus foram presos em flagrante. No carro que eles ocupavam foi encontrado o revólver calibre 32 utilizado no homicídio.

Walney continua na cadeia. Paraplégico, Robson está em prisão domiciliar desde setembro do ano passado.

Acusados de assassinato vão a júri popular nesta quarta-feira
Crime aconteceu no bairro Santo Amaro, na Capital. Réus foram presos em flagranteAcusados de assassinato no bairro Santo Amaro, em Campo Grande, em ...
Paraplégico, acusado de assassinato consegue prisão domiciliar
Robson Gonçalves da Silva Souza está preso desde o dia do crime, em setembro do ano passadoPreso 16 de setembro do ano passado acusado do assassinat...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions