A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/04/2012 08:29

Justiça concede liberdade a envolvido em assassinato de bombeiro

Nadyenka Castro e Ana Paula Carvalho

João Paulo Neves Dutra, 23 anos, foi solto nessa quarta-feira por determinação judicial

Polícia Civil fez reconstituição do crime no dia 5 de janeiro. (Foto: Simão Nogueira)Polícia Civil fez reconstituição do crime no dia 5 de janeiro. (Foto: Simão Nogueira)

Está em liberdade desde a tarde dessa quarta-feira, João Paulo Neves Dutra, 23 anos, envolvido no assassinato do sargento do Corpo de Bombeiros Marcos Luciano Guilherme dos Santos, de 40 anos, ocorrido na madrugada do dia 25 de dezembro do ano passado, no bairro Coronel Antonino, em Campo Grande.

O advogado dele, Marcos Ivan Silva, impetrou pedido de liberdade na segunda-feira (2) e no dia seguinte a Justiça acatou. João Paulo saiu da prisão na tarde dessa quarta-feira.

João Paulo se entregou à Polícia Civil no dia 2 de janeiro. Ele estava junto com Valdir Alves da Conceição, de 23 anos, que foi quem atirou no sargento e acabou preso pela PM (Polícia Militar) quatro dias após o crime.

Marcos Luciano passava pelo local no Fiat Uno dirigido por Rosevelte de Oliveira quando viu um rapaz sendo alvejado por tiros. O jovem era Willian Cristofer de Oliveira Souza, 20 anos.

O militar tentou impedir o crime e acabou baleado por Valdir. De acordo com a Polícia Civil, João Paulo ajudou Valdir a carregar as munições na garrucha utilizada no crime.

Na versão de Valdir à Polícia Civil, ele tinha uma rixa com Roosevelt e por isso queria matá-lo. Quando o alvejava, Marcos Luciano e o amigo passaram pelo local e pararam o carro.

Segundo relatos de Valdir, ele disse para o sargento não se meter e saiu correndo. No entanto, ao olhar para atrás achou que os dois ocupantes do veículo tentariam fazer algo contra ele, já que desceram do veículo, e então ele voltou e disparou contra o sargento.

Marcos Luciano morreu com dois tiros no peito. William e Roosevelt - o alvo - de Valdir e de João Paulo -, foram atingidos no braço e sobreviveram.



TA CADA VEZ MAIS DIFÍCIL ACREDITAR NA JUSTIÇA...
 
Julio Ramires em 08/04/2012 03:22:47
Violentam crianças de 12 anos e uma ministra do STF absolve, argumentando que as crianças ja se prostituiam....
Uma mulher em Campo Grande é assassinada brutalmente pelo ex, que alegou ciúmes, e ele vai responder em liberdade...
Esses são só os casos mais recentes e a lista de indignação da sociedade não para de crescer ! TÁ DIFICIL ACREDITAR NA JUSTIÇA .
 
Marcos Figueiredo em 05/04/2012 10:38:46
CONSELHO, QDO VOCÊ VER COISA ERRADA, CHAME A POLÍCIA DE SUA CIDADE, EM CAMPO GRANDE 190, SEJA VOCÊ CIVIL, MILITAR, GOVERNADOR, O QUE FOR, NÃO HAJA SÓ, POIS O ESTADO TEM A POLÍCIA PARA SEGURANÇA E A MORALIZAÇÃO DA LEI, NUNCA QUEIRA SER HEROI, PARA NÃO DAR ISSO QUE ACONTECEU, ANDORINHA SOZINHA NÃO FAZ VERÃO, JUSTIÇA COMEÇA NO PENSAMENTO, UM POLICIAL SOZINHO É INFERIOR A DOIS, PENSE NISSO, EMOÇÃO NÃO
 
PEDRO BRAGA em 05/04/2012 09:36:32
POVO BRASILEIRO, JUSTIÇA DEPENDE DAS LEIS, E COMO OS VEREADORES, DEPUTADOS ESTADUAIS, FEDERAIS E SENADORES, QUE SÃO QUEM FAZ AS LEIS, E SÃO EXECUTADAS PELO JUDICIÁRIO E EXECUTIVO, O POVO PRECISA PEDIR S POLÍTICOS CITADOS, PAR CORRIGIREM O CÓDIGO PENAL, QUE É DE 1949, E SE CORRIGIREM, TALVEZ TEREMOS JUSTIÇA, POR ENQUANTO, PREZO SÓ QUEM MORRE, O SEU VOTO É A JUSTIÇA QUE TEMOS, PENSEM BEM, VOTO,AMANH
 
PEDRO BRAGA em 05/04/2012 09:32:19
Se fosse ao contrário sera que a justiça acataria o pedido em favor do bombeiro?
 
arivaldo paiva em 05/04/2012 08:56:00
juiz tem que voltar a estudar daqui a pouco ele mata outro .nao adianta a policia prender .so o delegado avisar to soltado. ele vaipara rua
 
daniel macedo em 05/04/2012 03:47:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions