A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

18/11/2017 17:53

Ladrão furta celular, se esconde em presídio e ameaça policiais ao ser preso

Flagrante foi realizado por equipes da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos)

Geisy Garnes
Preso, Gustavo afirmou que mataria todos os policiais da Derf (Foto: Divulgação)Preso, Gustavo afirmou que mataria todos os policiais da Derf (Foto: Divulgação)

Gustavo Figueiredo de Oliveira foi preso equipes da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) depois de furtar um celular e tentar se esconder dentro do Estabelecimento Penal de Regime Aberto e Casa do Albergado de Campo Grande. Ao ser retirado do presídio, o suspeito ainda ameaçou os policiais de morte: “já matei e mato de novo”.

O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (17). Gustavo invadiu um salão de beleza localizada próximo a Praça do Papa, na Vila Sobrinho, tomou um aparelho celular da mão de uma cliente e fugiu. A vítima correu até a Derf, que fica no mesmo bairro, e denunciou o furto.

Em poucos minutos, os policiais identificaram Gustavo, conhecido como Mascote, como autor do crime e descobriram que após furtar o celular, o suspeito se escondeu na Casa do Albergado, onde cumpria pena por tráfico de drogas.

Diante do flagrante, Gustavo se negou a sair do presídio e ao ser retirado do local, já preso, passou a ameaçar todos os policiais e delegados da especializada. Afirmando que era perigoso, “já matou, mataria de novo”.

‘Mascote’ possui uma extensa ficha criminal e em 2014 foi preso com outras quatro pessoas, por tráfico de drogas. Na época, ele foi flagrado pela Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) com porções de pasta base, dinheiros, celulares e munições de calibre 9 mm.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions