A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/04/2016 17:03

Lutador que espancou homem em festa continua preso, sem direito a fiança

Luana Rodrigues
Rogerio Albaneze Carretoni, 46 anos, responde por tentativa de homicídio. (Foto: Direto das Ruas)Rogerio Albaneze Carretoni, 46 anos, responde por tentativa de homicídio. (Foto: Direto das Ruas)

Permanece preso na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, Rogerio Albaneze Carretoni, 46 anos. O lutador de jiu-jitsu é acusado de espancar um homem de 59 anos, durante uma festa na noite desta sexta-feira (15), na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

Conforme informações da polícia, o lutador foi preso em flagrante e responde por tentativa de homicídio. Para este crime, não é possível estipular fiança, portanto o Rogerio depende de decisão judicial para ser solto.

Ainda segunda a polícia, o lutador negou o crime e disse que apenas "empurrou a vítima". Rogerio já tem passagem por agressão a uma pessoa, praticada em 2012.

Violência - Conforme informações do boletim de ocorrência, testemunhas contaram que os dois envolvidos participavam da festa, quando a vítima fez uma brincadeira com Rogério. O autor, que é faixa preta em jiu-jítsu,teria ficado nervoso com a situação e passado a agredir o homem com socos na região da cabeça.

Ainda segundo o registro, várias pessoas teriam tentado tirar o autor de cima da vítima, mas ele estava transtornado. O socorro foi chamado e ele precisou ser encaminhado às pressas para a Santa Casa, onde passou por um procedimento e foi liberado.

Já o autor fugiu logo após o ataque, mas foi localizado pela polícia pouco tempo depois em outro bar de motociclistas, localizado na Vila Bandeirantes. Rogerio foi autuado por tentativa de homicídio e encaminhado à delegacia Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions