A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/04/2015 09:57

Lutador que matou eletricista em quarto de hotel presta depoimento na 1ª DP

Renan Nucci
Lutador foi preso após matar hóspede dentro de hotel em Campo Grande. (Foto: Reprodução/Direto das Ruas)Lutador foi preso após matar hóspede dentro de hotel em Campo Grande. (Foto: Reprodução/Direto das Ruas)

O lutador Rafael Martinelli Queiroz, 27 anos, presta depoimento na 1ª Delegacia de Polícia de Campo Grande. Ele é acusado de ter espancado até à morte o eletricista Paulo César de Oliveira, 49, na noite do último sábado (18), em um hotel no Bairro Amambai. O delegado Miguel Said, responsável pelas investigações, interroga o autor.

Após discutir com a namorada por ciúmes, Rafael passou a agredi-la em um dos quartos do hotel, na Avenida Afonso Pena, onde estavam hospedados. Amedrontada, a mulher de 24 anos fugiu pelos corredores pedindo ajuda, e foi perseguida. Durante o trajeto, enquanto destruía tudo o que via pela frente, Rafael se deparou com Paulo César observando pela fresta da porta, e o atacou violentamente, matando-o. Ele foi preso em flagrante.

O lutador paulista, natural de Araçatuba (SP), mas radicado em Valparaíso (SP), foi campeão mundial em 2008 e era considerado um exemplo dentro dos tatames. Ele estava em Campo Grande para participar da 2ª edição do Indoor Black Belt de Jiu-Jitsu, evento realizado pela FJJDMS. No entanto, por apresentar certo descontrole emocional no dia do combate, foi barrado pela organização.



LUTADOR, ONDE, QUE GORDO MAIS RIDICULO, TEM QUE APODRECER NA CADEIA, SERVIR DE MULHERZINHA ESSE MARGINAL.
 
japa em 22/04/2015 11:49:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions