A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/09/2014 12:04

Mãe pode perder guarda da filha se for comprovada negligência, diz delegada

Renan Nucci
Delegada Regina Márcia Mota, da DEPCA, acompanha o caso. (Foto: Arquivo\Campo Grande News)Delegada Regina Márcia Mota, da DEPCA, acompanha o caso. (Foto: Arquivo\Campo Grande News)

A mãe da menina de cinco meses que está internada na Santa Casa, com um ferimento na cabeça, corre risco de perder a guarda da filha. Segundo a delegada Márcia Regina Mota, da DEPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), se as investigações comprovarem negligência, a criança pode ser transferida para o convívio com outros familiares ou abrigo, onde sua integridade não esteja em risco.

A vítima deu entrada no hospital com um traumatismo craniano moderado. A bisavó afirmou que causou o ferimento por acidente, ao arremessar uma sandália para tentar espantar um gato da casa. Ela prestou depoimento no início da semana, relatando o ocorrido. Em contato com a polícia, a mãe confirmou a história.

De acordo com a delegada, o caso aconteceu no dia 23 de agosto, no entanto, dias antes o bebê teria caído da cama duas vezes. “A mãe diz que no dia 12 e no dia 22 do mesmo mês, a criança sofreu queda da cama. Por isso, vamos averiguar se o ferimento que ela tem está relacionado com estes fatos. Se tiver, haverá agravante”, diz.

A família pode perder a guarda. “Se for comprovado que houve negligência e que há algum risco para a menina no convívio com estas pessoas, a guarda pode se transferida para parentes, ou então para um abrigo. Tudo vai depender das investigações e de da decisão da justiça”, comenta.

A vítima segue internada e só deve receber alta depois que o caso for solucionado. Ainda segundo a delegada, há divergências entre a gravidade dos ferimentos e o relato dado pela mãe e pela avó. “Segundo os médicos que fizeram o atendimento, o golpe com a sandália não era suficiente para causa os ferimentos que a menina tinha. Era preciso um algo mais forte”, avaliou. O Conselho Tutelar da Região Sul acompanha a história.

Bisavó acerta bebê ao tentar espantar gato e criança sofre traumatismo
Um bebê, de apenas três meses, parou na Santa Casa, com traumatismo craniano, após uma sandália rasteira, arremessada pela bisavó, atingir sua cabeça...
Depca muda de prédio e não terá atendimento nesta terça-feira
Atendimento será retomado na quarta-feiraPor conta da mudança de prédio, a DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente) nã...
DEPCA investiga mais de 200 casos de abusos contra crianças na Capital
Francisco JúniorA DEPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) está investigando atualmente cerca de 200 casos de abuso sexual contra cri...
DEPCA registrou 452 ocorrências de crianças desaparecidas em 2010
Em 2010 foram registrados 452 boletins de ocorrência de crianças desaparecidas em Campo Grande, de acordo com informações do delegado Elton Galindo, ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions