A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Dezembro de 2019

18/01/2019 10:06

Mais 12 postos de saúde vão funcionar das 7 às 19 horas

Resolução da Secretaria de Saúde foi divulgada no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta sexta-feira

Mayara Bueno
Pacientes em saguão aguardando atendimento em posto de saúde da Capital. (Foto: Divulgação/PMCG).Pacientes em saguão aguardando atendimento em posto de saúde da Capital. (Foto: Divulgação/PMCG).

Mais 12 postos de saúde começarão a funcionar das 7 às 19 horas, de acordo com resolução da Secretaria de Saúde de Campo Grande, publicada no Diogrande (Diário Oficial) desta sexta-feira (dia 18). Oito unidades já funcionam em horário diferenciado há duas semanas.

Na nova relação, estão UBS (Unidade Básica de Saúde) e UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) e a mudança começa a valer a partir da próxima segunda-feira (dia 21). Além da extensão do atendimento, os locais não fecharão para o almoço, como era até então.

As unidades são: UBS Engenheiro Arthur Hokama, no Bairro Guanandi; UBSF Dra. Sumie Ikeda Rodrigues, Vila Serradinho; UBSF Dr. Emílio de Alencar Garbeloti Neto, Jardim Tarumã; UBSF Pastor Elizeu Feitosa de Alencar, Jardim São Conrado; UBSF São Francisco, Bairro Nova Lima; UBSF Dr. João Miguel Basmage, Conjunto Habitacional Estrela Dalva; UBS Dr. Jair Garcia de Freitas, 26 de Agosto; UBSF Dr. Edson Quintino Mendes, Jardim Itamaracá; UBS Dr. Germano Barros de Souza, Bairro Universitário.

Entram também a UBSF Ana Maria do Couto e UBSF Dr. Cláudio Luiz Fontanillas Fragelli, Jardim Noroeste. No caso desta última unidade, o horário será das 6 às 18 horas. A UBS Dr. Willian Macksoud, Conjunto Residencial Estrela do Sul.

Atualmente, as unidades de saúde abrem às 7 horas, fecham às 11 horas e retomam o atendimento às 13 horas, seguindo até 17 horas. A resolução publicada hoje, válida a partir de 21 de janeiro nas 12 unidades, será das 7 às 19 horas sem fechar para o horário de almoço. Em dias de coleta de exames laboratoriais, os postos de saúde vão abrir às 6 horas.

 

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp


Não adianta estender o horário de atendimento das UBS e UBSF, e não ter médicos suficientes e nem medicamentos para atender aos pacientes. O simples fato do paciente ir ao posto de saúde não faz com que seus problemas sejam resolvidos. Não basta a avaliação do técnico ou do enfermeiro, as pessoas precisam ser consultadas e terem os medicamentos que precisam disponíveis. A falta de médico nos postos de saúde continua... não mudou e muito dificilmente vai mudar. Nunca tem medicamentos específicos, apenas os remédios básicos, se a pessoa precisar de um medicamento mais específico, que não seja pra ""virose"", não vai encontrar. Se faz necessário uma solução definitiva para o problema sem que a pessoa precise entrar na justiça pra ter seus direitos garantidos.
 
Mariana Carvalho em 18/01/2019 12:06:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions