A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

31/08/2013 11:49

Mais de 100 pessoas doam sangue neste sábado, mas apelo do Hemosul continua

Luciana Brazil e Evelyn Souza

Pelo menos 100 doações de sangue foram feitas na manhã de hoje (31), no Hemosul de Campo Grande, por funcionários do banco Bradesco e integrantes do Saveiro Clube Campo Grande/MS. Com a mobilização, o estoque de sangue se normalizou, segundo a técnica do Hemosul, Lucéia Maria Fernandes. Mas apesar disso, ela frisa que as doações precisam ser constantes.

“Há alguns dias o banco de sangue estava em estado crítico, com menos de 80%. Com essa ação ele se normalizou, mas ainda precisamos de doações. Elas precisam ser constantes”.

São necessárias 120 doações diárias para manter o estoque em dia, segundo a técnica. “É importante que as pessoas doem mesmo quando não há o apelo da mídia”.

Neste sábado a ajuda veio de grupos diferentes. Cerca de 100 voluntários, de todas as agências do banco Bradesco, se dividiram em grupos e lotaram o Hemosul desde cedo.

“A ideia surgiu depois que o parente de um funcionário precisou de doação de sangue. Então, por que doar só quando uma pessoa específica precisa”, questionou o gerente de contas Vinícius Cristiano Monteiro, 30 anos.

Além da ação, o grupo já almeja transformar a mobilização em uma corrente nacional, a cada seis meses. “Essa é a primeira vez, mas a vontade é que aconteça semestralmente e que faça parte do calendário nacional do Bradesco, para que as mais de cinco mil agências ajudem na doação”.

O gerente de pessoa jurídica Carlos Eduardo Melara, 31 anos, diz que sempre apoiou a ideia, mas tinha ido
Carlos Eduardo Melara, 31 anos, gerente de pessoas jurídica, diz que sempre apoiou a idéia de doar sangue, mas nunca tinha ido, por falta de incentivo. “Agora com todo mundo junto eu quero voltar sempre”.

O mesmo anseio de ajudar afligiu também os integrantes do Saveiro Clube de Campo Grande. A ação foi marcada pelas redes sociais e logo cedo os 15 integrantes estavam prontos para doar. Motorizados cada um com sua Saveiro, elas ajudaram a fazer a diferença, contou o presidente do clube, Everton Alce da Silva, 31 anos.

Mesmo sozinha a biomédica Janiele Vieira, 25 anos, aproveitou o sábado para fazer sua doação. “Estou doando pela primeira vez. Aproveitei meu dia de folga para ajudar”.



Eu nunca tinha doado sangue,mas ouvindo no rádio q estavam precisando muito de qualquer tipo de sangue,pedi uma manhã de folga e fui até o hemosul(moro e trabalho em Terenos),pedi pra mandarem no meu endereço o resultado,pelo menos pra eu saber a tipagem do meu sangue...Até hoje...Ja ta quase inteirando os 3 meses.Vou la doar de novo,mas quero saber pelo menos o tipo do sangue que tenho!!!
 
Aurelio da Silva Xarão. em 02/09/2013 18:55:26
Parabéns aos membros do saveiro clube
 
Gustavo Fernando Carvalho em 31/08/2013 12:58:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions