A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

05/09/2017 10:56

Mais um integrante de quadrilha do falso frete é preso pelo Choque

Kelvin tem várias passagens pela polícia por roubo, furto, desacato, lesão corporal, tentativa de homicídio, homicídio e fuga de local de custódia

Viviane Oliveira
Kelvin, segundo a polícia, tem envolvimento com a quadrilha do falso frete, que fez várias vítimas na cidade (Foto: divulgação/Batalhão de Choque)Kelvin, segundo a polícia, tem envolvimento com a quadrilha do falso frete, que fez várias vítimas na cidade (Foto: divulgação/Batalhão de Choque)

Foragido do regime semiaberto, Kelvin Velasquez Ferreira 25 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira (5), na Travessa Léa Maria Barbosa Marques, no Bairro Dom Antônio Barbosa, região sul de Campo Grande. Segundo a polícia, Kelvin faz parte da quadrilha do falso frente presa na semana passada.

Policiais do Batalhão de Choque faziam rondas na região, quando abordaram Kelvin. Em consulta no sistema da polícia foi constatado de que o rapaz além de estar foragido da penitenciária, tinha envolvimento com a quadrilha que atraía vítima para roubar caminhões. Kelvin tem várias passagens pela polícia por roubo, furto, desacato, lesão corporal (violência doméstica), tentativa de homicídio, homicídio e fuga de local de custódia.

Quadrilha - Na última sexta-feira (1º), parte da quadrilha que aplicava o golpe do falso frete para atrair e roubar caminhoneiros em Campo Grande foram presos. Também foram identificados presos que agiam de dentro do presídio.

o primeiro a ser monitorado e encontrado foi Erickson Velasques Ferreira, 29 anos. Ele estava na casa de uma mulher não identificada na Vila Piratininga, confessou envolvimento nos roubos. Disse que era o responsável por anunciar o roubo, usando uma arma de uso restrito roubada. Eriwelton Cebalho Correa, 21 anos, foi detido em seguida. Ele quem fornecia os armamentos e equipamentos necessários para o sucesso das ações.

Do presídio, Maurício Correa de Oliveira, 48 anos, comandava o esquema auxiliado por Ricardo de Souza e Emerson Malta Ferreira, 38 anos,. Um deles era o responsável pelas funções financeiras da quadrilha e o outro ajudava no que fosse necessário.

Em seis dias, entre 23 e 29 de agosto, foram dois casos, num total de três vítimas. A ocorrência mais grave foi em junho, quando o caminhoneiro José Aparecido dos Santos, 50 anos, caiu do veículo durante assalto e morreu, dias depois, na Santa Casa de Campo Grande.

Justiça isenta dívidas eleitorais para aumentar adesão de cadastro biométrico
A Justiça Eleitoral determinou que os eleitores em dívida estão isentos do pagamento das multas eleitorais no período de 18 de setembro de 2017 até 1...
Crescem o número de casos de crianças com sífilis em Campo Grande
Os casos de crianças com menos de 1 ano contaminadas com sífilis congênita, doença sexualmente transmissível, aumentaram em 2016. É o que afirma a Se...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions