A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Setembro de 2019

10/09/2019 10:53

Manicure acusa motorista de estupro e arma cilada para prisão

O suspeito passou por audiência de custódia na Justiça nesta manhã e teve a liberdade provisória concedida

Viviane Oliveira e Clayton Neves
Caso foi registrado na Delegacia da Mulher que fica na Casa da Mulher Brasileira (Foto: arquivo/Campo Grande News) Caso foi registrado na Delegacia da Mulher que fica na Casa da Mulher Brasileira (Foto: arquivo/Campo Grande News)

Uma manicure de 20 anos acionou a polícia garantindo que foi drogada e estuprada por um motorista de aplicativo de 31 anos, na madrugada de segunda-feira (9). O suspeito foi preso por equipe da Polícia Militar, passou por audiência de custódia nesta terça-feira (10) no Fórum e foi liberado para responder ao inquérito em liberdade. Ele nega o crime.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima contou que após brigar com o namorado de 25 anos saiu por volta das 2h de ontem num Ford Fiesta preto. Porém, logo o automóvel parou por falta de combustível. A manicure, então, foi a pé para a residência do padrinho e pediu que ele acionasse o namorado dela para arrumar dinheiro e abastecer o carro.

Enquanto isso, a vítima pegou um galão e saiu da casa em direção ao local onde o veículo estava parado. No meio do caminho, ela encontrou um rapaz num carro prata oferecendo ajuda. Ela aceitou, entrou no automóvel e durante o trajeto diz que foi estuprada e obrigada a cheirar cocaína. A vítima disse à polícia que tentou escapar, mas as portas estavam trancadas. Com a intenção de gravar o número do suspeito, a mulher pediu o telefone dele e voltou para onde estava o carro sem gasolina.

Ao ficar sabendo o que havia acontecido, o namorado pediu que a vítima ligasse para o autor e combinasse um novo encontro. O suspeito, então, foi até a casa da manicure e quando chegou foi surpreendido pelo namorado da jovem. O autor conseguiu escapar e se escondeu na casa de um vizinho. A equipe militar foi acionada e levou todos os envolvidos para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions