A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/12/2010 17:46

Marquinhos afirma que Câmara foi omissa em relação a reajuste

Jorge Almoas

Deputado diz ter direito de pedir informações sobre aumento da tarifa

O deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) disse em entrevista ao Campo Grande News que tem direito de solicitar informações a respeito do novo índice de reajuste para os serviços de água e esgoto em Campo Grande. Ele declara que a Câmara de Vereadores foi “omissa” e agora está polemizando em cima daquilo que deveria ter feito.

“O que eu fiz foi tomar a atitude de qualquer parlamentar deve ter. Solicitei informações sobre o reajuste, para saber se os números são compatíveis com o contrato firmado”, esclarece Marquinhos.

“Eles agora vão discutir sobre o leite derramado. Isso é a confissão mais alta da própria omissão. Enquanto eles fazem silêncio, eu tenho direito de pedir a informação, pois sou representante do povo”, continuou o deputado.

Para Marquinhos, a Câmara deveria saber os números que levam ao reajuste antes de aprovar o aumento dos serviços. “Se a Câmara não sabe, não sou eu que não está fazendo nada”, disse o parlamentar, em resposta à declaração do presidente da Câmara, vereador Paulo Siufi (PMDB).

Na sessão desta quinta-feira na Câmara de Vereadores, Siufi ficou irritado com o ataque do vereador Paulo Pedra (PDT), que fez coro às declarações de Marquinhos na Assembleia Legislativa na última terça-feira.

Pedra disse que o reajuste “exorbita a razoabilidade”. A Águas Guariroba, empresa concessionária de água e esgoto, recebeu autorização para reajustar os serviços em 8,91%.

“Ele [Siufi] diz que eu não fiz nada. Mas em 2005 e 2006, quando estive ocupando vaga na Câmara, os reajustes foram de 5,01% e 2,85%. Na gestão dele, os índices chegaram a 15% no ano passado”, reitera Marquinhos.

Família – Durante sua fala na Câmara de Vereadores, Siufi citou o relacionamento familiar entre Marquinhos e o prefeito Nelson Trad Filho (os dois são irmãos), como justificativa para a polêmica sobre o reajuste.

“Se ele tem problema de relacionamento com o irmão, eles que se entendam”. Siufi é primo dos dois. Em resposta, Marquinhos disse que pode ter divergências ideológicas do irmão.

“Sei separar bem o familiar do político. Mas o Siufi sempre teve ‘problemas de paternidade’, sejam sociais ou políticas”, contou o deputado estadual, sem dar detalhes sobre o que seriam esses ‘problemas de paternidade’.

Câmara convoca diretor da Águas a discutir reajuste
Foi aprovado por unanimidade o requerimento apresentado à Câmara Municipal de Campo Grande, para convocar o diretor executivo da concessionária Águas...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


MARQUINHOS TRD:
Pode pedir informações a respeito dos novos índices de reajuste dos serviços de agua e esgoto que se bem investigados vai nos reservar várias surpresas, semelhantes as taxas de energia elétrica ou pior .
Parabéns pela iniciativa ...!!!!!!
Cadê os vereadores ...??????
 
VALFRIDO LEITE ROLIM em 10/12/2010 03:50:54
Além da omissão dos Vereadores temos um problema mais grave que é o fato da Agência Reguladora não funcionar, é um cabide de emprego. E os Consumidores pagam pela regulação, 1% da tarifa de água e esgoto é repassado para o Municipio. Temos que exigir uma regualação eficiente!
 
Semy Ferraz em 09/12/2010 07:09:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions